<
>

Usain Bolt testa positivo para coronavírus após participação em festa

play
O cinematográfico cenário onde 'Rei da Maratona' treina no Quênia (0:31)

Eliud Kipchoge é recordista mundial da maratona e está entre os maiores da história na prova (0:31)

O ex-velocista Usain Bolt recebeu, nesta segunda-feira, resultados de exames que constataram que ele está com a COVID-19.

O diagnóstico vem logo depois de o jamaicano celebrar seus 34 anos, na última sexta-feira, em uma festa surpresa.

Nas redes sociais circulam alguns vídeos da festa nos quais é possível ver que os convidados não respeitaram as medidas de isolamento recomendadas pela OMS, além da ausência do uso de máscaras.

Mesmo antes de ter a confirmação do teste positivo, o medalhista olímpico já havia se autoisolado com receio de ter contraído o vírus na comemoração.

Segundo a imprensa jamaicana, Bolt não apresenta sintomas graves.

Várias estrelas do esporte estavam presentes na festa. Entre elas, o inglês Raheem Sterling, jogador do Manchester City.

O caso da infecção agora toma conta das discussões acerca de restrições sanitárias na ilha caribenha, a qual vem apresentando um aumento no número de casos de coronavírus.