<
>

Confederação Brasileira de Atletismo divulga medidas contra o coronavírus

Nesta terça-feira, o Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) comunicou a ampliação das medidas adotadas em função da pandemia do coronavírus. A entidade comunicou, entre outras decisões, a suspensão dos campings nacionais e internacionais de treinamento e competições. Assim, a viagem dos velocistas e barreiristas para o Camping Internacional de Treinamento e Competição já em andamento na cidade de Chula Vista, Estados Unidos, foi adiada por tempo indeterminado.

A partir desta terça-feira, a entidade decidiu que o treinamento de atletas nas instalações do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista, ficará restrito exclusivamente a atletas integrantes do Plano de Preparação Olímpica do Comitê Olímpico do Brasil e CBAt. O treinamento dos demais atletas de outros programas e usuários do CNDA fica suspenso por tempo indeterminado.

(Alê Cabral/CPB

Os funcionários da CBAt que trabalham no CNDA, em Bragança Paulista, também terão suas rotinas alteradas. Os que puderem farão home office, de acordo com entendimento com suas chefias, e ou trabalharão em sistema de rodízio para que o número de pessoas presentes nos escritórios diminua.

Devido ao crescente número de países afetados pelo coronavírus, as três primeiras reuniões da temporada 2020 da Diamond League, agendadas para 17 de abril em Doha, no Catar, 9 e 16 de maio de 2020 na China, não podem ser realizadas. A decisão foi tomada pela WA e os comitês organizadores, autoridades locais e órgãos de administração esportiva.

O plano atual é organizar o evento de Xangai no dia 13 de agosto. Novas datas para Doha e a segunda reunião na China ainda não foram anunciadas. Pode ser que os meetings sejam realizados após a final da Wanda Diamond League, em Zurique, de 9 a 11 de setembro, onde os campeões da Diamond League serão coroados, se a situação global permitir.