<
>

Darlan Romani leva o bronze na etapa de Paris do arremesso de peso

Darlan Romani é uma das esperança do Brasil para a Olimpíada de Tóquio 2020 (Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br)

Darlan Romani ficou aquém da marca que lhe garantiu o ouro nos Jogos Pan-Americanos, mas obteve mais um pódio na tarde deste sábado. Na etapa de Paris da Liga Diamante, o brasileiro levou o bronze ao arremessar o peso a 21,56m.

Com direito a recorde do meeting parisiense, o neozelandês Tomas Walsh fez 22,44m, sua melhor marca na temporada, e ficou com o ouro. O americano Joe Kovacs foi o vice-campeão, com 22,11m, em prova histórica, já que pela primeira vez os oito finalistas superaram a casa dos 21 metros.

Mesmo com a marca 51 centímetros abaixo da realizada no Pan, Darlan Romani mantém uma ótima série de resultados no ano. Dono de um ouro e outros dois bronzes na Liga Diamante, o brasileiro tem como grande competição nesta temporada o Mundial de Doha, programado para acontecer entre setembro e outubro.

No salto com vara, o Brasil obteve mais uma marca expressiva. Augusto Dutra ficou com a prata ao conseguir 5,80m, a dois centímetros de sua melhor performance pessoal e do índice necessário para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O norte-americano Sam Kendricks (6m) levou o ouro, enquanto o grego Emmanouil Karalis assegurou o bronze (5,70m).