<
>

Thiago Braz faz melhor marca pessoal no ano e leva o bronze em Mônaco

Thiago Braz fez 5ª marca do mundo no ano (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

Thiago Braz se reencontrou com os bons resultados nesta sexta-feira. Participando da etapa de Mônaco da Diamond League, o brasileiro voltou a ir bem, obteve a marca de 5,92m – seu melhor desempenho no ano – e ficou com a medalha de bronze no salto com vara.

Antes do evento europeu, o melhor salto de Thiago Braz havia sido em Doha, com 5,71m. O medalhista de ouro nos Jogos Olímpico do Rio de Janeiro, em 2016, sequer havia completado provas por ter tentativas invalidadas. Desse modo, ele renova as esperanças semanas antes do Pan-Americana de Lima.

Braz liderou boa parte do evento de Doha, mas acabou superado por concorrentes inspirados. O polonês Lisek Piotr conseguiu um 6,02m, somou sua melhor marca no ano e levou o ouro com direito a recorde da competição. O sueco Armand Duplantis, com 5,92m, foi o dono da prata.

Após conseguir o 5,92m, o brasileiro buscou superar Piotr e decidiu ir direto para os 6,02m, mas acabou frustrado nas três tentativas, perdendo a prata para Duplantis no desempate. Sua melhor marca pessoal é 6,03 m, recorde olímpico, de 2016.

“Esta era a última competição programada antes do Pan. Sabíamos que era um bom lugar para saltar, fazer a prova, ele estava confiante e para nós foi importante pelo resultado, mas porque ele encarou os 6 metros. Fez uma excelente tentativa e quase passou”, analisou o técnico Elson Miranda.