<
>

Gabriel Constantino quebra o recorde sul-americano dos 110m com barreiras

No Memorial Gyulai Istaván, em Székesfehérvár, na Hungria, o brasileiro Gabriel Constantino manteve o grande nível nos 110m com barreiras em 2019 e quebrou o recorde sul-americano da prova, com 13.18 (0.8 m/s).

O atleta de 24 anos já era o recordista sul-americano, desde 19 de junho de 2018, quando correu a prova em 13.23 (0.5), na França. Nesta terça-feira, ficou com a segunda posição. O campeão foi o norte-americano Grant Holloway, com 13.16, enquanto o britânico Andrew Pozzi terminou em terceiro, com 13.32.

Com o sétimo melhor tempo do mundo em 2019, segundo o Ranking Mundial da IAAF, o atleta do Pinheiros (SP) disputará os Jogos Pan-Americanos de Lima, no fim de julho, e o Mundial de Doha, em setembro. Ele ainda competirá na Universíade de Nápoles, na Itália.

Também na Hungria, Almir Junior terminou em quinto lugar no salto triplo. O atleta brasileiro saltou 16,95m (0.7), enquanto os três primeiros colocados passaram dos 17m. O bicampeão olímpico Christian Taylor levou o ouro, com 17.93 (3.4), seguido do compatriota norte-americano Will Claye, campeão mundial indoor, com 17.66 (1.2), e do cubano naturalizado português Pedro Pablo Pichardo, com 17.29 (0.6). Em Lignano, na Itália, Rosangela Santos venceu os 100m no Troféu Octávio Missoni, com o tempo de 11.63 (-0.6).