<
>

Olimpíadas: Brasil perde duas, sai da disputa por equipes e fecha judô com duas medalhas

play
Olimpíadas: Brasil larga nas quartas, mas perde dois confrontos e sai sem medalhas na disputa por equipes do judô; VEJA (0:52)

Equipe brasileira caiu para a Holanda nas quartas e para Israel na repescagem (0:52)

Apesar de todo o esforço feito por Mayra Aguiar, que foi a escolhida para substituir a lesionada Maria Suelen e venceu as suas duas lutas, o Brasil saiu da disputa por medalhas no judô por equipes nas Olimpíadas de Tóquio.

O Brasil foi para a repescagem depois de perder nas quartas de final para a Holanda, por 4 a 2. Os dois países fizeram um duelo bastante equilibrado, tanto que apenas a luta decisiva entre Rafael Baby e Henk Grol não foi decidida no ponto de ouro - o brasileiro perdeu após levar o terceiro shido.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

A Holanda ficou na frente do placar durante toda a disputa, com as vitórias de Sanne Verhagen, Sanne van Dijko e Noël van 't End sobre Larissa Pimenta, Maria Portela e Rafael Macedo, respectivamente. O Brasil pontuou através de Daniel Cargnin e Mayra Aguiar, que conquistaram a medalha de bronze no individual.

Para a repescagem contra Israel, o Brasil fez três alterações: Eduardo Barbosa, Eduardo Yudi e Rafael Buzacarini entraram nos lugares de Daniel Cargnin, Rafael Macedo e Rafael Baby, respectivamente.

As trocas, porém, não surtiram efeito. O Brasil foi buscar o empate duas vezes através de Maria Portela e Mayra Aguiar depois das derrotas de Eduardo Barbosa e Yudi Santos.

Na sequência, Rafael Buzacarini, outra novidade na lista para a repescagem, também perdeu a sua luta. A decisão ficou com Larissa Portela, que sofreu um ippon e viu Israel fechar a disputa em 4 a 2.