<
>

Brasil x Chile na Copa América: Tite volta a detonar gramado, diz que viu 'triste espetáculo' e implora: 'Encontrem um campo melhor'

Após a suada vitória por 1 a 0 sobre o Chile, nesta sexta-feira, pelas quartas da Copa América, o técnico da seleção brasileira, Tite, voltou a detonar o gramado do estádio Nílton Santos, no Rio de Janeiro, e pediu que a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) encontre um campo melhor para a semifinal.

"Eu, como técnico, fiquei contente com a classificação. Fiquei contente porque a equipe do outro lado é bicampeã da Copa América. Poderia ter sido um grande espetáculo, muito mais bonito, pois são duas equipes de posse de bola, que propõem jogo. Fiquei triste com o espetáculo, fique triste", lamentou.

"Se eu estivesse assistindo de casa, diria: 'Puxa, que jogo bom poderia ter sido, e olha como está...'. Até para bater tiro de meta o Ederson teve dificuldade!", disparou.

"Por favor, por favor, tenham essa responsabilidade. Reconheco o que o pessoal está fazendo para melhorar o campo, mas encontrem um campo melhor para nós jogarmos", pediu.

"Num campo melhor, tudo vai ser melhor. No futebol, é perigoso machucar um atleta de alto níve. Por favor, encontrem um campo melhor para o espetáculo ficar melhor", implorou.

Em resposta anterior, o treinador brasileiro ainda ironizou o gramado ao comentar lance em que Paquetá perdeu a bola em contra-ataque.

Com o triunfo, o Brasil agora encara o Peru na semifinal da Copa América.

"O campo desarmou o Paquetá! Ele ia sair na cara do gol, mas o campo desarmou!", reclamou.

Em teoria, o jogo será novamente no Engenhão, mesmo com o gramado sendo criticado desde a fase de grupos da competição.

Os peruanos avançaram ao baterem o Paraguai nos pênaltis, depois de um jogaço que acabou 3 a 3.

Já o Chile e despede do torneio da Conmebol e volta a focar nas eliminatórias da Copa do Mundo 2022.