<
>

Lutador de UFC guiando cavalo e muito mais! Veja 10 imagens estonteantes do esporte em 2020

play
Rostos desfigurados, banhos de sangue e buracos pelas caras: os maiores estragos do ano no UFC (1:38)

Veja o antes e o depois de cada um desses duelos de 2020 que tiveram consequências pesadas (1:38)

Um ano tão peculiar como 2020, com uma pandemia que afetou todo o planeta Terra, forçou adaptações, novos hábitos e reinvenções. Trouxe também novas ideias. E no esporte não foi diferente.

Atletas, técnicos e estafes tiveram que rever ações, lidar com um longo período de paralisação e depois encarar a volta.

Foi pensando nisto que o ESPN.com.br pensou em mostrar neste último dia de 2020 imagens marcantes de um ano tão diferente.

Para isto, convidou o experiente fotógrafo Buda Mendes, da Getty Images, a não só fazer a seleção dos dez cliques que mais o tocaram e o deixaram feliz com o resultado final como a escrever sobre seu ano profissionalmente.

São registros plasticamente estonteantes! Tem lutador de UFC guiando cavalo, tenista atacando a bolinha contra o Sol e muito mais...

O resultado você vê e lê abaixo:

“Com a pandemia, o esporte sofreu um baque gigantesco. Um ano lotado de grandes eventos, tais como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, como também a Copa América, deu lugar a treinos isolados com uma readaptação dos atletas.

Por ser um fotógrafo de esportes, faço parte do time da Getty Sport, e durante a pandemia me vi na responsabilidade de fazer uma cobertura focada no dia a dia. Até que surgiu a primeira oportunidade de fotografar o treino de um atleta, e o pontapé inicial foi com o bicampeão paralímpico Felipe Gomes. A atividade foi registrada na laje da casa de sua sogra, no bairro de Anchieta, no Rio de Janeiro.

Daí surgiu o projeto de fotografar a nova realidade na vida de grandes atletas brasileiros. Como foi isto?

Passamos um dia com o atleta, durante o seu período de treinos ou em outra atividade que eles gostam de fazer, como no caso dos lutadores de MMA (artes marciais mistas) Charles "do Bronx" Oliveira e Alex "Cowboy" Oliveira, ambos apaixonados por cavalos.

O projeto também registra o dia a dia de atletas olímpicos e paralímpicos, que já estão focados em Tóquio 2021, grandes nomes do mundo da luta (UFC) e lendas do esporte, como Bob Burnquist, do skate.

Paralelamente à iniciativa, voltei aos jogos de futebol sob uma nova realidade de posicionamento para os fotógrafos e vários exames de PCR para a cobertura de Conmebol Libertadores e eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

Para as partidas do Campeonato Brasileiro, o número de profissionais foi reduzido, não temos mais acesso ao campo. Fotografamos das cadeiras destinadas ao público mesmo, já que os eventos acontecem com os portões dos estádios fechados.

Nos compromissos de Libertadores e eliminatórias, somente os fotógrafos oficiais e as agências internacionais possuem acesso. No caso das internacionais, é feito um sistema de rodízio em cada jogo, no qual duas agências cedem todo o material em tempo real para as demais, operações que chamamos de pool.

E assim fomos e continuamos nos adaptando para este novo cenário esportivo.”

*O fotógrafo Buda Mendes escreveu este texto a convite do ESPN.com.br