<
>

No UFC, Conor McGregor rebate declarações de Dana White e dispara: 'Pare de mentir'

play
Adesanya x Jon Jones no UFC? Chael Sonnen analisa: 'Essa é a luta do dinheiro' (1:17)

Após bater Paulo 'Borrachinha' Costa no último sábado, campeão peso-médio ficou sem concorrência? (1:17)

O clima esquentou entre Dana White e Conor McGregor e os dois iniciaram uma guerra de acusações. Tudo começou quando o irlandês, na última sexta-feira (25), divulgou uma conversa privada com o presidente do UFC, que, assim que soube, ficou furioso e condenou a atitude do ex-campeão da organização, a chamando de “suja”.

Atento à repercussão desse episódio, McGregor não demorou para rebater as acusações do mandatário, que emitiu essas palavras durante a coletiva de imprensa do UFC 253, que aconteceu no último sábado (26), em Abu Dhabi (EAU). Através de suas redes sociais (veja abaixo), o irlandês disparou contra o dirigente.

“O código foi quebrado quando você mentiu sobre eu recusar lutas, companheiro. Eu disse Justin em maio e você foi e disse que eu não queria lutar. Não é sobre Diego. Diego foi um tapa-buraco para eu fazer mais lutas. Além disso, você esteve envolvido em negociações de Manny (Pacquiao), a papelada legal está lá. Pare de mentir”, disparou.

Frustrado com a falta de atividade na temporada, Conor McGregor anunciou sua aposentadoria do MMA profissional – a terceira nos últimos anos – no último mês de junho. O mais recente combate disputado pelo irlandês aconteceu em janeiro deste ano, na luta principal do UFC 246, em Las Vegas (EUA), onde o ex-campeão precisou de apenas 40 segundos para vencer Donald Cerrone por nocaute técnico.