<
>

Torcedor do Botafogo, Herbert Buns revela amizade com Kalou e diz: 'Acompanha direto o UFC'

play
Sonnen lembra quando conheceu Borrachinha no TUF só com currículo de bodybuilder: 'Era um carvão e agora é um diamante' (2:54)

Brasileiro enfrenta Israel Adesanya, neste sábado, pelo UFC 253 (2:54)

Ainda sem luta marcada no UFC, Herbert Burns está de férias no Brasil e aproveitou seu tempo livre no país para unir o útil ao agradável. Torcedor do Botafogo, o lutador tem nutrido uma amizade de meses com o marfinense Salomon Kalou, que foi contratado pelo clube para ser uma das estrelas desta temporada. Dessa maneira, o peso pena (66 kg) pôde finalmente conhecer pessoalmente o amigo nesta semana.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o irmão de Gilbert Durinho revelou como foram os primeiros contatos com o jogador. Por ser ativo nas redes sociais, Herbert estava animado com a especulação da vinda de Kalou para Botafogo, que teve início em julho deste ano, e fez um comentário positivo sobre esse fato. O marfinense não deixou o atleta do UFC sem resposta e, desde então, eles têm trocado mensagens.

“Desde que rolou a especulação de ele vir para o Botafogo, quem segue as minhas redes sociais viu que sou fanático pelo clube e sempre comento tudo (risos). Eu acabei mandando mensagem para ele e ele retuitou, começou a me seguir. Acabou que ele fechou com o Botafogo e mandei mensagem. Na minha penúltima luta e ele comentou também. Nessa eu disse que quando fosse ao Brasil queria encontrar com ele, porque ele é um fã de luta e ia dar uma luva do UFC, ficamos trocando ideia e dessa vez deu para encontrar e foi maneiro. Ele é gente boa demais, de origem humilde”, disse Herbert.

Por ser botafoguense fanático, Herbert não deixa de acompanhar o clube e revelou que também tem contato com outros jogadores do elenco, até com o japonês Keisuke Honda, outro atleta internacional que chegou ao clube em 2020. Porém, o brasileiro deixou claro que a relação com Kalou é diferente das que possui com outros atletas do time.

“Eu falo com outros jogadores do Botafogo, mas nada como o Kalou, que tenho WhatsApp e a gente troca ideia. Com outros eu falo, mas nas redes sociais. Eu falei com o Honda, mas ele é um cara mais fechado e ainda não rolou de encontrar. O importante é que o Kalou gosta de luta e deu para a gente trocar uns presentes. Ele me deu uma camisa autografada do Botafogo e eu dei a luva autografada do UFC”, contou.

Além do Botafogo, outra questão aproximou ainda mais Herbert e Kalou: o amor pelo MMA. O lutador revelou que o camisa 8 do ‘Glorioso’ acompanha o UFC e, inclusive, brincou com ele sobre a próxima luta de Gilbert Durinho. O irmão de Herbert deve encarar o nigeriano Kamaru Usman, em dezembro, pelo título dos meio-médios (77 kg).

“Ele acompanha direto (o UFC), fica amarradão quando vê. Ele soube há pouco tempo que meu irmão ia lutar com o Usman aí disse que era complicado torcer porque era contra os parceiros africanos (risos)”, comentou o lutador, antes de adiantar que os dois já têm em mente poder treinar MMA juntos enquanto Herbert permanecer no Brasil.

“A gente ainda vai se encontrar de novo eu eu vou chamá-lo para assistir uma luta minha. Também dei a ideia da gente fazer um treino juntos e ele ficou amarradão. Mas ainda não está confirmado. Eu já vi ele bater saco, no Instagram dele. Não sei se era de zoeira ou com algum personal trainer o auxiliando. Mas sei que ele é crossfiteiro”, concluiu.

Herbert Burns assinou contrato com o UFC através do programa ‘Contender Series’, em 2019, quando finalizou Darrick Minner, no primeiro round da disputa. O brasileiro estreou no Ultimate em 2020 e tem duas vitórias, por nocaute sobre Nate Landwehr e finalização sobre o veterano Evan Dunham, e um revés diante de Daniel Pineda.