<
>

No UFC, Colby Covington provoca Masvidal e lança desafio: 'Venha me ver no octógono'

Empolgado após a vitória por nocaute sobre Tyron Woodley, no último sábado (19), na luta principal do UFC Las Vegas 11, Colby Covington não demorou para ligar a sua metralhadora de provocações. Após ironizar Gilbert Durinho, que vai lutar pelo cinturão dos meio-médios (77 kg) do UFC, o americano provocou seu desafeto Jorge Masvidal.

Em coletiva de imprensa após o evento, Covington afirmou que tem pendências para resolver com o ex-companheiro de ‘American Top Team’ e estaria disposto a resolvê-las em sua próxima apresentação. Vale ressaltar que os dois lutadores chegaram a ser amigos, mas depois se envolveram em algumas confusões dentro da equipe com sede na Flórida (EUA) e, desde então, nutrem uma rivalidade. Colby, inclusive, já deixou a equipe e, para este último camp, treinou na ‘MMA Masters’.

Um fato que pode atrapalhar os planos de Covington é que o Ultimate planeja fazer uma revanche entre Masvidal e Nate Diaz, novamente pelo cinturão ‘BMF’ (mais “durão” de todos). Ciente disso, o falastrão alfinetou a escolha do ‘Gamebred’ por esse combate.

“Onde está Jorge Masvidal? Ele precisa vir me ver por todo falatório que ele tem feito. Quero a luta dos ‘melhores amigos se tornando inimigos’. Ele vem falando: ‘Vou chutar seu traseiro, vou fazer isso, aquilo’. Tudo bem. Venha me ver no octógono. Se você é durão, cumpra o que diz. Ele vai se esconder e ir atrás do Nate Diaz. Está procurando lutas fáceis. Ele sabe que vou expô-lo, como fiz com o Woodley essa noite”, disparou.

Com a vitória sobre Tyron Woodley, Colby Covington voltou a sentir o sabor da vitória e se recuperou dentro do Ultimate. O americano, que já foi campeão interino dos meio-médios, não se apresentava desde dezembro do ano passado, quando foi derrotado por Kamaru Usman, em disputa pelo título dos meio-médios, no UFC 245.