<
>

UFC: Yana Kunitskaya e mais três atletas recebem seis meses de suspensão médica

play
Quem é Sean O'Malley, a grande sensação do UFC: estiloso, irreverente e invicto (1:15)

Atleta de 25 anos tem um cartel de 12 lutas e 12 vitórias como profissional (1:15)

Quatro lutadores presentes no card do UFC Las Vegas, evento disputado no último sábado (8), receberam suspensões médicas preventivas de seis meses, como divulgado pela Comissão Atlética de Nevada. Com suspeitas de lesões mais graves, Yana Kunitskaya, Scott Holtzman, Irwin Rivera e Peter Barrett precisam passar por exames detalhados e pelo crivo de médicos especialistas para estarem aptos a retornar aos octógonos antes de fevereiro de 2021.

Apesar de dominar amplamente e vencer a peleja contra Julija Stoliarenko no card principal, Yana Kunitskaya acabou levando a maior suspensão médica entre as duas. Caso queira retornar ao octógono do Ultimate antes do dia 5 de fevereiro de 2021, a russa terá que passar por exames em seu pescoço e no braço direito, além de ser liberada por um especialista ortopédico.

Também pelo card principal do evento, Scott Holtzman foi nocauteado por Beneil Dariush. O americano também levou seis meses de gancho por causa de uma fratura no assoalho orbital inferior esquerdo, podendo retornar antes do prazo estipulado em caso de liberação médica.

Pete Barrett, que deve passar por exames na costela, e Irwin Rivera, com possíveis lesões na mão direita e no pulso, além de problema no olho esquerdo, também foram suspensos por seis meses. Ambos podem diminuir o gancho caso sejam liberados clinicamente.

Único brasileiro presente no card, Wellington Turman acabou nocauteado por Andrew Sanchez ainda no primeiro round da luta. Apesar disso, o peso-médio (84 kg) foi suspenso por 60 dias apenas.

Lista completa das suspensões médicas:

Aleksei Oleinik: suspenso até o dia 23 de setembro, sem contato até o dia 8 de agosto;

Omari Akhmedov: suspenso até o dia 8 de setembro, sem contato até o dia 30 de agosto;

Chris Weidman: suspenso até o dia 8 de setembro, sem contato até o dia 30 de agosto;

Darren Stewart: suspenso até o dia 8 de setembro, sem contato até o dia 30 de agosto;

Yana Kunitskaya: suspensa até o dia 5 de fevereiro de 2021, ou até ser liberada pelo médico. Suspensão mínima até o dia 30 de agosto e sem contato até o dia 23 de agosto;

Beneil Dariush: suspenso até o dia 8 de setembro, sem contato até o dia 30 de agosto;

Scott Holtzman: suspenso até o dia 5 de fevereiro de 2021, ou até ser liberado pelo médico. Suspensão mínima até o dia 23 de setembro e sem contato até o dia 8 de setembro;

Tim Means: suspenso até o dia 30 de agosto, sem contato até o dia 23 de agosto;

Kevin Holland: suspenso até o dia 30 de agosto, sem contato até o dia 23 de agosto;

Joaquin Buckley: suspenso até o dia 23 de setembro, sem contato até o dia 8 de setembro;

Nasrat Haqparast: suspenso até o dia 23 de setembro, sem contato até o dia 8 de setembro;

Alex Munoz: suspenso até o dia 23 de setembro, sem contato até o dia 8 de setembro;

Wellington Turman: suspenso até o dia 8 de outubro, sem contato até o dia 23 de setembro;

Peter Barrett: suspenso até o dia 5 de fevereiro de 2021, ou até ser liberado pelo médico. Suspensão mínima até o dia 8 de setembro e sem contato até o dia 30 de agosto;

Irwin Rivera: suspenso até o dia 5 de fevereiro de 2021, ou até ser liberado pelo médico;

Ali Alqaisi: suspenso até o dia 23 de setembro, sem contato até o dia 8 de setembro.