<
>

UFC: Dana revela que segue conversando com Floyd Mayweather para fechar parceria

play
Tyson se recusa a participar de brincadeira para 'vender' luta: 'Eu nunca falaria essa m...' (0:41)

Lutador compartilhou propaganda diferente em suas redes sociais (0:41)

No fim de 2019, Dana White revelou que estava perto de um acordo para trabalhar com Floyd Mayweather. Os detalhes de como funcionaria essa parceria nunca foram revelados, mas foi em paralelo com a notícia que o pugilista deixaria a aposentadoria para retornar aos ringues. Passados alguns meses, o presidente do UFC voltou a tocar no assunto e reafirmou o desejo de se unir ao lutador de boxe.

Em entrevista ao site ‘TMZ’, o mandatário da maior liga de MMA do mundo destacou que segue conversando com Floyd, mas os planos dos dois sofreram um atraso por conta da pandemia de coronavírus que brecou a maior parte de shows pelo mundo. No entanto, o cartola ressaltou que ambos ainda estão interessados em fazer algum evento em breve.

“Floyd e eu ainda temos um diálogo. Os dois lados estão ainda estão interessados”, disse Dana, antes de rechaçar, por ora, uma revanche do pugilista com Conor McGregor.

“Não, não, não. Eu sei que ele (Floyd Mayweather) queria dar a revanche a Conor McGregor, mas Conor McGregor se aposentou. Quando estou fazendo as coisas, resolvendo negócios eu nem penso em Conor. Conor está aposentado até que ele me diga o contrário. (Então) não estou tentando fazer luta para Conor”, completou o dirigente.

Floyd Mayweather e Conor McGregor se enfrentaram nas regras do boxe em agosto de 2017, com vitória do pugilista por nocaute técnico no décimo round, em um lucrativo evento para todos os envolvidos. O desempenho acima do esperado do irlandês, especialmente diante de um dos maiores boxeadores de todos os tempos, chamou a atenção e, desde então, um segundo encontro entre eles tem sido especulado.