<
>

UFC: Henry Cejudo ironiza disputa de cinturão do peso-mosca entre Deiveson e Garbrandt

play
Um mês antes de encarar Borrachinha no UFC, Adesanya ousa e pinta o cabelo de rosa (0:09)

Dono do cinturão defende título dos médios contra o brasileiro no UFC 253 | via @stylebender (0:09)

Na última sexta-feira, o Ultimate confirmou a primeira defesa de cinturão do peso-mosca (57 kg) de Deiveson Figueiredo. O brasileiro vai encarar Cody Garbrandt, no dia 21 de novembro, no UFC 255, ainda sem local definido. Quem não perdeu a chance de alfinetar o confronto foi o ex-campeão da divisão, Henry Cejudo.

Pelas redes sociais, o lutador, que também foi campeão do peso-galo (61 kg) da organização, ironizou o duelo que vai definir o novo número um dos moscas. De acordo com Cejudo, nem Deiveson e nem Garbrandt serão os melhores da categoria e se colocou acima deles, mesmo aposentado da modalidade.

“‘Campeão de aluguel’ vs ‘Sem queixo’. O vencedor ganha a medalha de prata. Ainda ‘Triplo C'”, disse o atleta, que anunciou sua aposentadoria do MMA em maio deste ano.

Medalhista de ouro no wrestling na Olimpíada de Pequim, realizada em 2008, Henry Cejudo atingiu o auge de sua carreira no MMA – iniciada em 2013 – nos últimos dois anos, com a conquista dos cinturões peso-mosca (57 kg), ao bater Demetrious Johnson, e peso-galo do Ultimate, em triunfo sobre Marlon Moraes.

Após abdicar do título da categoria até 57 kg, o americano saiu vitorioso de sua primeira defesa da cinturão até 61 kg no dia 9 de maio, quando superou por nocaute técnico Dominick Cruz, no UFC 249.