<
>

UFC: Joanne Calderwood se pronuncia após derrota e desmaio

Posicionada como provável próxima desafiante ao cinturão peso mosca (57 kg) do UFC, Joanne Calderwood viu o risco de aceitar de última hora o duelo contra Jennifer Maia se concretizar ao ser finalizada pela brasileira no último sábado (1) e, com isso, perder o lugar na fila do ‘title shot’. Para completar a noite desfavorável, a escocesa ainda desmaiou nos bastidores do evento após a luta e precisou ser encaminhada ao hospital, onde ficou em observação até a manhã de domingo.

Em publicação feita na sua página oficial do ‘Instagram’ (veja abaixo), Calderwood lamentou a derrota sofrida, mas fez questão de parabenizar sua algoz. ‘Jojo’ ainda aproveitou para agradecer pelo apoio recebido, tanto em função do revés sofrido como pelo problema de saúde posterior ao combate.

“Bem, essa foi uma noite difícil no escritório. Parabéns a Jennifer Maia. Eu sou muito grata pela minha família, amigos e fãs que estão aqui para me ajudar a levantar nessa vida maluca que todos nós dividimos. É uma luta, todo dia nós lutamos, mas não é todo dia que ela vai a nosso favor. Obrigado à equipe do UFC, os médicos e doutores no UMC (hospital). Oh e ao meu cavaleiro de armadura brilhante John Wood, desculpe por assustá-lo, bebê”, escreveu ‘Jojo’ Calderwood.

Com o resultado do último sábado, Joanne Calderwood soma agora 14 vitórias e cinco derrotas em sua carreira no MMA profissional. A escocesa, que aceitou a luta contra Jennifer Maia de última hora alegando que gostaria de se manter ativa enquanto Valentina Shevchenko não tem previsão de retorno aos octógonos, provavelmente perdeu a chance de disputar o cinturão peso mosca do UFC com o revés sofrido.