<
>

No Ultimate, empresário lamenta corte de Gilbert Durinho do UFC 251: 'Coração partido'

play
Dana White explica como UFC fechou duelo entre Usman e Masvidal: 'É a luta que as pessoas querem ver' (1:05)

Luta pelo cinturão dos meio-médios será evento principal do UFC 251 (1:05)

No último sábado (4), Gilbert ‘Durinho’ recebeu a notícia que havia testado positivo para o COVID-19 e, por isso, havia sido retirado do confronto diante do campeão Kamaru Usman pelo título dos meio-médios (77 kg), no UFC 251, que será realizado neste sábado (11). Com a saída do brasileiro, a organização agiu rápido e já anunciou Jorge Masvidal como seu substituto.

Com essa mudança de última hora, Ali Abdelaziz, empresário de ‘Durinho’, que também agencia a carreira de Usman, deu sua visão sobre todas as alterações. Através das redes sociais, (clique aqui ou veja abaixo) o manager comemorou que o campeão tenha um novo oponente. No entanto, ele não deixou de mencionar sua tristeza pelo acontecido com o brasileiro.

“Estou feliz por Kamaru Usman ter um oponente substituto e também estou com o coração partido por Gilbert ‘Durinho’. Ele ainda é o desafiante número um”, escreveu o empresário.

Kamaru Usman não luta desde dezembro de 2019, quando derrotou Colby Covington por nocaute em sua primeira defesa de cinturão da categoria. Já Jorge Masvidal se apresentou um mês antes, em duelo contra Nate Diaz pelo título ‘BMF’ (mais “durão” de todos), quando saiu vitorioso por nocaute técnico.