<
>

Nascar: FBI diz que laço encontrado em garagem de Bubba Wallace estava lá desde outubro e descarta racismo

Após investigação, o FBI determinou que o piloto da Nascar Bubba Wallace, o único negro da categoria, não foi vítima de crime racial e que o laço de enforcamento encontrado em sua garagem no autódromo de Talladega, nos Estados Unidos, estava lá desde outubro.

A Nascar divulgou um comunicado com o resultado da investigação do FBI.

"O relatório do FBI conclui, e evidências fotográficas confirmar, que a corda de puxar o portão da garagem estava posicionado lá desde outubro. Isso foi bem antes da equipe do carro número 43 chegar", diz o comunicado da categoria.

"Nós agradecemos a investigação precisa e rápida do FBI e estamos aliviados em saber que isso não foi um ato intencional e racista contra Bubba", completa o comunicado..

Wallace tem sido uma voz ativa contra o racismo na categoria. Após o incidente, a Nascar promoveu diversos atos contra a discriminação racial na corrida de Talladega na última segunda-feira.