<
>

UFC: dono de academia cobra Amanda Nunes em lista de melhores de todos os tempos peso por peso

play
Mackenzie Dern elege a 'maior luta da vida': ficar 24h longe da filha (2:21)

Mackenzie Dern participará do UFC Fight Night no sábado (30) e ficará longe da filha Moa (2:21)

Considerada por muitos como a ‘GOAT’ (maior de todos os tempos) do MMA feminino, Amanda Nunes deveria ter seu nome discutido na lista dos ‘maiores lutadores de todos os tempos’ independentemente do gênero ou da categoria de peso. Pelo menos é o que pensa Dan Lambert, dono da ‘American Top Team’, equipe da brasileira.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Lambert sugeriu que o nome de Amanda fosse incluído nas discussões sobre qual atleta seria o ‘GOAT’ peso-por-peso, ao lado de lendas como Jon Jones, Georges St-Pierre e Daniel Cormier. Para justificar sua reivindicação, o empresário exaltou os feitos da campeã peso-galo (61 kg) e peso-pena (66 kg) do UFC, que possui expressivas vitórias sobre todas as lutadoras que já ostentaram os cinturões das duas divisões.

“Se for uma conversa sobre a GOAT feminina, eu não acho que exista outro nome que você possa jogar no mix e ter um argumento sobre (Amanda). GOAT peso-por-peso é o que eu acho que ela está entrando na conversa. Homem, mulher, divisão de peso, qualquer coisa. Eu acho que seu nome deveria estar nesse mix agora”, declarou Dan Lambert, antes de continuar.

“Se você olhar para a sequência que ela está, as campeãs que ela venceu, as ex-campeãs que ela venceu. A forma na qual ela as venceu e fez parecer fácil, em duas divisões. Eu acho que o nome dela deveria estar nesse chapéu com os outros ‘maiores de todos os tempos’, Jon Jones, DC (Daniel Cormier), GSP (Georges St-Pierre). Acho que o nome dela está nesse bolo, masculino ou feminino”, explicou o dono da ‘ATT’.

Sem saber o que é perder desde setembro de 2014 e com dez triunfos consecutivos no octógono mais famoso do planeta, Amanda Nunes reina absoluta no peso-galo e no peso-pena do UFC. Nesta sábado (6), a baiana colocará pela primeira vez o cinturão até 66 kg em jogo, contra a canadense Felicia Spencer, na luta principal da edição 250 do Ultimate, que será realizada em Las Vegas (EUA).