<
>

'Borrachinha' rebate Adesanya e destaca rivalidade no UFC: 'Maior que Anderson x Sonnen'

play
Em vídeo bizarro, Conor McGregor come 'vespas assassinas' e faz cara de poucos amigos (1:01)

O lutador irlandês ainda conseguiu derrubar o pote com os petiscos em si mesmo antes de experimentar | via @thenotoriousmma (1:01)

Há cerca de dois anos, Paulo ‘Borrachinha’ e Israel Adesanya alimentam uma rivalidade intensa no peso-médio (84 kg) do UFC, com troca de provocações e xingamentos nas redes sociais e em entrevistas. Os lutadores deveriam ter se enfrentado no início deste ano, mas o brasileiro passou por cirurgia, o que adiou o duelo. No entanto, com ambos 100% fisicamente, só existe o aguardo do Ultimate para anunciar quando eles vão resolver suas pendências dentro do octógono – valendo o cinturão da categoria.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, o mineiro ratificou a inimizade com o nigeriano e apontou que essa rivalidade será lembrada como a maior da história na divisão do Ultimate. Para corroborar sua tese, ‘Borrachinha’ recordou os embates entre Anderson Silva e Chael Sonnen, que chamaram a atenção do público e mídia pelo ‘trash talk’ do americano e comparou com o cenário atual entre ele e ‘Stylebender’.

“Minha luta com Adesanya será uma das maiores dos últimos anos, e posso falar por mim, irei fazer valer a pena cada centavo pago por esse pay-per-view. Nos não nos gostamos mesmo. Então, com certeza é a maior rivalidade do peso médio. Muito maior que Anderson vs Sonnen, porque o Sonnen provocou, mas o Anderson não. O Anderson deixou o Sonnen falar. Eu não consigo não responder e por isso gera mais atrito”, disse.

Recentemente, Adesanya voltou a provocar ‘Borrachinha’, ao chamá-lo de dopado e dizer que vai se aproveitar do seu estilo de luta ortodoxo para acabar com a invencibilidade do brasileiro de forma dura. Ciente das declarações do desafeto, o ex-TUF Brasil destacou que ele insiste em alfinetá-lo dessa maneira para alavancar as vendas de pacotes de pay-per-view as suas custas, pois ficou devendo em sua última apresentação, quando protagonizou duelo monótono contra Romero, em março deste ano.

“Ele está tentando promover a luta de alguma forma, pois sabe que as vendas de pay-per-view serão horríveis por causa da última luta dele. A única forma de vender essa luta é acreditando que eu irei para cima dele e não fazer o que ele fez. Eu quero dizer aos fãs que eu irei fazer valer a pena parar para assistir essa luta”, provocou o brasileiro, antes de alfinetar o nigeriano ao recordar sua última atuação.

“O Adesanya perdeu a credibilidade após a última luta dele contra o Romero. Ele disse que faria várias coisas desse tipo contra o Romero e na ‘hora H’ ele se amedrontou diante do Romero e fez aquela luta ridícula, medrosa. Eu estava lá, ainda teve o público que vaiou muito. Inclusive os jornalistas e o próprio Dana (White). Então, para mim, ele pode falar o que quiser, não me importa. Importa mais o que fazemos e não o que falamos”, completou o brasileiro, que tem 11 vitórias por nocaute na carreira.

Apesar de ainda não ter data oficial para seu combate, ‘Borrachinha’ segue seu camp e dessa vez com uma novidade. O lutador criou um canal no Youtube onde mostra etapas do seus treinamentos, com bastidores e algumas declarações, para seus fãs terem a sensação de estarem acompanhando de perto as atividades.

“Eu criei o canal para mostrar para as pessoas os detalhes que geralmente não são vistos pelo público. Dieta, treino e momentos descontraídos que somente eu poderia mostrar”, disse o peso-médio, antes de afirmar o que tem feito de diferente nos seus treinos para evitar lesões”. Tenho mudado em relação a readaptação do braço operado, para fazer ele chegar no dia da luta sem problemas”, explicou.