<
>

No UFC, Durinho cita Covington como 'plano b' caso não receba 'title shot': 'É pessoal'

play
Dana White elogia, diz que Durinho é 'um dos lutadores mais perigosos do UFC', mas desconversa sobre title shot (2:14)

Brasileiro venceu Tyronn Woodley na noite de sábado (2:14)

Após dominar amplamente Tyron Woodley e conquistar a vitória mais importante de sua carreira, na luta principal do UFC Las Vegas (EUA), no último sábado (30), Gilbert ‘Durinho’ não perdeu tempo e logo pediu pelo ‘title shot’ diante do companheiro de treinos Kamaru Usman, atual campeão dos meio-médios (77 kg). No entanto, se não tiver o pedido atendido pelo Ultimate, o brasileiro já tem em mente o nome de um lutador que gostaria de enfrentar em seu próximo compromisso.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja abaixo), ‘Durinho’ elegeu o falastrão Colby Covington como o adversário ideal, caso não receba o ‘title shot’ em sua próxima luta. Conhecido por suas polêmicas, o americano fez declarações depreciativas em relação ao Brasil e ao povo brasileiro quando enfrentou Demian Maia no UFC São Paulo, em 2017.

Apesar de admitir que este episódio o fez ter algo pessoal contra o americano, ‘Durinho’ afirmou que não levará o sentimento para dentro do octógono, já que sua performance poderia ser afetada pelo excesso de emoções. Ainda assim, o desejo de fazer Covington ‘pagar’ pelas declarações infelizes faz o faixa-preta não titubear ao ser questionado sobre quem gostaria de enfrentar, se a disputa contra Kamaru Usman não seja possível no momento.

“Colby Covington! O (Kamaru) Usman vai lutar contra o (Jorge) Masvidal, contra o Leon Edwards, ou contra mim, essas são as opções. Se não marcar contra mim, me dá o Colby Covington porque eu quero lutar com ele”, afirmou ‘Durinho’, antes de completar.

“É pessoal agora. Na hora que entrar na luta, eu vou focar na vitória. Mas o cara falou muita besteira, vou fazer ele engolir aquilo tudo. Não vou levar para a luta, na luta não tem sentimento, não tem essa, mas eu vou meter a porrada nele”, prometeu o lutador natural de Niterói (RJ).

Atual sexto colocado no ranking dos meio-médios, Gilbert ‘Durinho’ deve ganhar algumas posições na próxima atualização da lista após a vitória expressiva sobre Tyron Woodley, ex-campeão da categoria. Com o resultado, o brasileiro chegou a seis triunfos consecutivos, sendo quatro desde que subiu para a divisão até 77 kg do Ultimate.