<
>

'Se perco esta luta, não volto vivo para o México': Chávez e o 'Brasil x Argentina' dos ringues

play
Popó afirma ser seguidor do 'craque' Julio César Chávez e revela qual golpe da lenda ele mais admirava: 'É muito treino' (3:05)

Acelino "Popó" Freitas ainda lembrou um grande duelo entre Chávez e De La Hoya e imaginou como seria um combate com o astro mexicano: 'Seria uma luta boa!' (3:05)

O ícone do boxe mexicano Julio César Chávez e o falastrão porto-riquenho Héctor “Macho” Camacho disputaram uma das mais aguardadas lutas em 1992.

“Se perco essa luta, não me deixam voltar vivo para o México”, resumiu, à época, Chávez, em alusão à rivalidade entre México e Porto Rico nos ringues.

A série “El César” mostra a vida dentro e fora dos ringues, as vitórias, derrotas e os demônios pessoais de Julio César Chávez, um dos grandes nomes da história do boxe mundial. No total, são 26 episódios inéditos e exclusivos produzidos pela ESPN para entender a trajetória de altos e baixos da lenda. O fã do esporte pode acompanhar a saga com episódios diários até 19 de junho, sempre às 22h30 (de Brasília), na faixa ESPN Cine & Séries, na ESPN e no ESPN App. Aos sábados, uma maratona com os cinco episódios da semana. Imperdível!

Chávez já havia batido outro porto-riquenho, Edwin Rosário, para se tornar campeão dos leves da Associação Mundial de Boxe.

play
1:39

Popó fala da importância de se ter uma série como a de Chávez e diz: 'Boxe é igual cachaça...'

ESPN e ESPN App mostram diariamente 'El César', sobre a lenda mexicana Julio César Chávez

A rivalidade entre boxeadores dos dois países ganhou corpo quando o porto-riquenho campeão dos supergalos Wilfredo Gómez subiu de peso para desafiar o mexicano Salvador Sánchez, pelo seu cinturão pena do CMB (Conselho Mundial de Boxe), em 1981, em uma promoção de Don King.

Gómez, que já havia derrotado outro ídolo mexicano, Carlos Zárate, subiu ao quadrilátero acompanhado por uma banda de salsa. Por sua vez, Sánchez o fez ao lado de mariachis.

As torcidas vaiaram o hino do atleta adversário, gerando um clima de muita eletricidade no Caesars Palace, em Las Vegas.

Sánchez derrubou Gómez logo no assalto inicial e fraturou sua maçã do rosto, mas o porto-riquenho não se rendeu e lutou bravamente até o oitavo assalto, quando Sánchez o mandou de novo à lona, provocando o final da luta e protestos de Gómez.

play
2:39

Popó coloca Chávez entre os melhores pugilistas da história e diz se o mexicano venceria Mayweather

A lenda do boxe brasileiro ainda analisou as características do mexicano e de Mike Tyson

A seguir, outros duelos da rivalidade entre boxeadores mexicanos e porto-riquenhos*:

- Carlos Ortiz KO 10 Raymundo “Battling” Torres

O porto-riquenho Ortiz defendeu o título meio-médio-ligeiro contra um nocauteador invicto.

- José “Pipino” Cuevas KO 2 Ángel Espada 1

O mexicano Cuevas conquista o título meio-médio com um brutal gancho no corpo.

- Wilfredo Gómez KO 5 Carlos Zárate

A defesa do cinturão supergalo sobre o campeão galo transformou Gómez em estrela em Porto Rico.

- Wilfredo Gómez KO 14 Lupe Pintor

Gómez defendeu pela 17ª vez seu cinturão supergalo contra outro mexicano campeão galo que subia de peso.

- José Luis Ramírez KO 4 Edwin Rosário 2

O mexicano Ramirez sobrevive a quedas no primeiro e segundo assalto. No quarto assalto, desfere mais de 30 golpes sem resposta de Rosário.

play
2:19

O que tornou Julio César Chávez um dos maiores da história e o que o impediu de ser o número 1

O fã do esporte pode acompanhar a saga deChávez com episódios diários até 19 de junho, sempre às 22h30 (de Brasília), na faixa ESPN Cine & Séries, na ESPN e no ESPN App. Aos sábados, uma maratona com os cinco episódios da semana.

- Julio César Chávez DU 12 Juan Laporte

O porto-riquenho ex-campeão pena luta de igual para igual com o futuro ídolo mexicano.

- Julio César Chávez KO 11 Edwin Rosário

Chávez conquista cinturão em uma segunda categoria de peso em sua mais perfeita apresentação.

- Ivan Calderón DD 12 Hugo Cázares 1

O porto-riquenho Calderón sobe de categoria após quatro anos de reinado como campeão palha.

- Antonio Margarito KO 11 Miguel Cotto

O resultado da luta é envolto em polêmica, com a suspeita de que o mexicano Margarito lutou com reboco sob as luvas.

- Orlando Salido KO 8 Juan Manuel “Juanma” López 1

O mexicano Salido impõe um surpreendente nocaute sobre a invicta estrela em ascensão Juanma.

Saúl “Canelo” Álvarez DU 12 Miguel Cotto

O ídolo mexicano “Canelo” conquista cinturão em sua segunda categoria de peso.

* O nome do vencedor está em negrito

** Forma de vitória: KO (nocaute) DU (decisão unânime) ou DD (decisão dividida)

play
2:32

Jornalista aponta quem venceria duelo Chávez x Mayweather e relembra nocaute épico do mexicano

Wilson Baldini Jr. deu entrevista à ESPN Brasil e resumiu em detalhes combate histórico contra Meldrick Taylor