<
>

UFC: Sakai minimiza segurada na grade e critica árbitro que apontou vitória de rival

play
Norte-americano toma 36 chutes em 9 minutos e fica com a perna quase em carne viva; VEJA! (0:59)

Vince Morales tomou 36 chutes nas pernas em apenas 9 minutos e vai ter dificuldades para andar (0:59)

A vitória sobre Blagoy Ivanov por decisão dividida no evento do último sábado (30), em Las Vegas (EUA), pode ter garantido um lugar no top 10 dos pesos-pesados para Augusto Sakai. No entanto, uma polêmica envolvendo sua disputa pode ajudar a minimizar sua conquista no octógono.

No terceiro e decisivo round, quando o confronto estava equilibrado e dependia da superioridade de um atleta nesta etapa para que a luta fosse definida, Ivanov clinchou e conectou uma queda. Por sua vez, o brasileiro agarrou na grade e impediu que seu rival o levasse ao solo. Movimento este que poderia ter custado um ponto ao atleta e, consequentemente, cancelaria sua vitória.

“Foi sem querer mesmo. Fui tentar fazer ali… Não foi intencional”, analisou durante entrevista exclusiva com a reportagem da Ag. Fight logo após o show. “Não acho que mudaria o resultado, porque era o meio da luta, e eu não ia poder ficar por baixo. Eu ia explodir para sair”.

Curiosamente, enquanto dois árbitros viram superioridade de Sakai nos dois últimos assaltos e marcaram vantagem para o búlgaro na etapa inicial, o terceiro responsável por pontuar o combate anotou incríveis 30×27 a favor de Ivanov – dando a ele o triunfo em todos os rounds.

Questionado sobre a disparidade entre a pontuação de um árbitro em relação aos demais, Sakai não escondeu o descontentamento com o placar anotado e ressaltou que equívocos dessa natureza acontecem repetidamente no esporte. Fato que precisa ser corrigido para que o MMA continue a crescer ao redor do mundo.

“No intervalo após o primeiro round eu perguntei para meu treinador, e ele disse que poderia ir para qualquer um. Então, na minha cabeça, eu tinha perdido. Pensei: vou para cima. No final da luta eu sabia que o primeiro poderia ter perdido, mas 30 x 27 para ele jamais. Não sei que luta que ele viu”, finalizou o peso-pesado.

Confira os resultados do UFC Las Vegas:

Gilbert ‘Durinho’ venceu Tyron Woodley por decisão unânime;
Augusto Sakai venceu Blagoy Ivanov por decisão dividida;
Billy Quarantillo venceu Spike Carlyle por decisão unânime;
Roosevelt Roberts finalizou Brok Weaver no 2º round;
Mackenzie Dern finaliza Hannah Cifers no 1º round;
Katlyn Chookagian venceu Antonina Shevchenko por decisão unânime;
Daniel Rodriguez venceu Gabriel Green venceu por decisão unânime;
Jamahal Hill nocauteou Klidson Abreu no 1º round;
Brandon Royval finalizou Tim Elliott no 2º round;
Casey Kenney finalizou Louis Smolka no 1º round;
Chris Gutiérrez nocauteou Vince Morales no 2º round.