<
>

Após revolta com Dana White, Jon Jones diz que vai abrir mão de cinturão no UFC e sugere luta com Adesanya

play
Dana White revela planos para o futuro de Jon Jones e dá ultimato sobre grana pedida para lutar com Ngannou (1:18)

Presidente do UFC comentou a possibilidade do lutador enfrentar Jan Blachowicz ou Dominick Reyes (1:18)

A crise no relacionamento entre Jon Jones e Dana White por discordâncias salariais segue afetando o atual campeão dos meio pesados do UFC.

Neste domingo, Jon Jones foi ao Twitter disparar novamente contra o UFC e disse que estaria abrindo mão de seu cinturão.

"Reyes x Jan (Blachowicz) pelo próximo título dos meio pesados. No momento, não tenho nada a ganhar lutando contra os dois", postou Jones, que sugeriu uma luta com Adesanya, campeão dos médios.

"Me avisem se vocês quiserem marcar um dia em 2021 a luta contra Izzy (Adesanya). Espero que vocês estejam dispostos a pagar até lá", completou.

Quando perguntado por um seguidor se estava abrindo mão do cinturão, Jones foi enfático: "Sim".

Outro seguidor disse que Jones estava se machucando mais do que machucando o UFC. E o campeão respondeu: "Eu me machuco toda vez que entro lá e levo socos na cabeça. E não vale mais a pena não sentir meu pagamento".