<
>

Mike Tyson revela que contrato para volta aos ringues deve ser finalizado nesta semana

Ao que tudo indica, o retorno de Mike Tyson aos ringues de boxe está próximo de ser anunciado oficialmente. Em entrevista ao rapper Lil Wayne no programa ‘Young Money Radio’, o ex-campeão mundial revelou que o contrato para a luta que marcará sua volta ao esporte deve ser finalizado nesta semana.

Afastado dos ringues desde 2005, Tyson exaltou os benefícios trazidos por retornar aos treinamentos recentemente e reafirmou seu compromisso de voltar a competir em uma luta beneficente para arrecadar dinheiro que será destinado para ajudar aos menos afortunados. Questionado sobre a possibilidade de Evander Holyfield ser confirmado como o rival escolhido para o combate, o ex-campeão despistou e indicou que existem outras opções de oponentes.

“Eu estou me sentindo melhor do que nunca. Estou me preparando para lutar e ajudar pessoas menos afortunadas. Eu vou fazer esse evento de caridade, vou levantar esse dinheiro para ajudar as pessoas sem-teto e os irmãos viciados (em drogas). Não são muitas pessoas que conseguem sobreviver assim”, declarou Tyson, antes de comentar sobre seu oponente e sobre quando as negociações devem ser finalizadas.

“Não, não. Nós temos caras. Nós temos tantos caras que querem fazer isso. Temos feito ligações, nós estamos negociando com esses caras agora mesmo. Você não vai acreditar nos nomes quando eles forem divulgados. Em algum momento nessa semana nós devemos ter o contrato pronto”, revelou.

Aos 53 anos, Mike Tyson chamou a atenção do mundo das lutas ao divulgar imagens de seu retorno aos treinos recentemente. Sob o comando do treinador brasileiro Rafael Cordeiro, líder da ‘Kings MMA’, a lenda do boxe surpreendeu a todos por continuar demonstrando potência e explosão física em seus golpes, mesmo durante um treinamento de manopla.

Apontado como possível rival na luta beneficente idealizada por ‘Iron’, Evander Holyfield também retomou os treinamentos nas últimas semanas. O ex-campeão mundial, de 57 anos, derrotou Tyson duas vezes, em 1996 e 1997, quando ambos ainda estavam próximos do auge.