<
>

UFC: Cris 'Cyborg' chama Dana White de egoísta ao pensar em fazer eventos na pandemia

play
Shaq oferece apoio a Jon Jones, do UFC, e diz que já tem muita gente 'chutando pessoas quando estão no chão' (0:46)

'Não quero falar do Jon Jones como se eu fosse mais santo', disse o ex-jogador da NBA (0:46)

Não é novidade alguma que Cris ‘Cyborg’ e Dana White não tem uma relação amigável. Nos últimos anos em que a lutadora esteve no UFC, ela vivia trocando farpas com o mandatário, até que em 2019, decidiu se transferir para o Bellator. No entanto, apesar de estar em uma organização diferente no momento, a brasileira não deixou de alfinetar seu ex-patrão.

Em entrevista ao ‘The No-Sports Report com Jensen Karp’, a ex-campeã do Ultimate e atual do Bellator disparou contra a ideia de Dana White de realizar eventos do UFC no meio de uma pandemia global. Segundo Cris, esse é a hora de respeitar todas as recomendações dos órgãos de saúde, sem pensar em vantagens financeiras para não colocar em risco os atletas.

“Todo mundo precisa ficar em quarentena. São as regras para todos. Você sabe que muitas pessoas não querem estar em casa. Muitas pessoas estão lutando agora, e acho que ele (Dana White), pessoalmente, deveria fazer algo (diferente) além de apenas pensar em si mesmo e nas lutas de boxe e MMA. Acho que é melhor esperar e respeitar todos”, disse, emendando sobre os perigos de não ficar em quarentena.

“Mesmo que os lutadores tenham que estar juntos para o treinamento, você pode dizer: ‘OK, eu vou fazer um evento agora.’ Sabe, eu tenho que montar minha equipe. Nós vamos ficar juntos, treinando. Então você coloca o risco da família ao seu redor. Sabe, acho que você tem que esperar e ter respeito pelo processo. Seja paciente”, completou.

Após saída conturbada do UFC, Cris ‘Cyborg’ estreou no Bellator no dia 25 de janeiro deste ano, com vitória por nocaute técnico sobre a então campeã peso-pena Julia Budd. Com a nova conquista, a curitibana agora tem a marca histórica e soma quatro cinturões na mesma categoria em quatro grandes organizações: UFC, Strikeforce, Invicta FC e Bellator.