<
>

UFC: Cody Garbrandt admite que pensa em atuar no peso-mosca após encarar brasileiro

Com problemas nos rins, Cody Garbrandt saiu do duelo contra de Raphael Assunção, marcado para o dia 28 de março. No entanto, logo depois dessa confirmação, o evento foi cancelado pelo UFC devido à pandemia de coronavírus pelo mundo. Apesar de admitir seu foco em confirmar esse confronto diante do brasileiro, o ex-campeão do peso-galo (61 kg) revelou que pensa em descer de categoria e lutar no peso-mosca (57 kg).

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, o lutador, que segue seu período de recuperação, adiantou que não pretende mudar de classe de peso antes de resolver essas pendências com Raphael, que ainda não tem data marcada. Porém, após esse embate, pode dar novo rumo à carreira.

“Primeiro, estamos focados em Raphael (Assunção), e essa ainda é a luta a fazer e a luta a seguir. Então, depois desça e realmente salve a divisão de peso-mosca”, afirmou o americano, antes de afirmar que acredita que consiga se manter no peso da nova divisão.

“Eu realmente nunca perdi peso nos galos. Estou pensando em ir para o peso-mosca. É isso que eu quero fazer. Eu sou jovem e posso fazer isso. Eu ando em torno de 65 kg. Às vezes, depois das sessões de treino 64 kg. Ainda estou forte, rápido antes do meu corte de peso e sinto que posso mantê-lo no peso-mosca. Esse é o plano. Nós conversamos sobre fazer isso”, completou o lutador.

Após chegar a invencibilidade de 11 duelos na carreira e o título dos galos, Gabrandt viu sua carreira sair do trilho. O americano foi derrotado nas suas últimas três apresentações, duas vezes diante de TJ Dillashaw e a última sobre Pedro Munhoz, em março de 2019.