<
>

UFC: Khabib Nurmagomedov rebate provocação de Conor McGregor e dispara: "Esse cara é falso"

Não demorou muito para que Khabib Nurmagomedov respondesse ao mais novo ataque feito por Conor McGregor. Na Rússia, onde fazia o final de sua preparação para encarar Tony Ferguson no próximo dia 18 de abril, o campeão peso-leve (70 kg) se viu ‘preso’ em seu país natal, e consequentemente impedido de lutar, depois que o governo fechou as fronteiras como forma de combater a propagação da pandemia do novo coronavírus. Acusado pelo desafeto de ter ‘amarelado’ ao confirmar que não conseguiria se apresentar UFC 249, Khabib relembrou a vitória por finalização sobre o irlandês, em outubro de 2018, para rebater a provocação do rival.

Em entrevista à emissora americana ‘ESPN’, Khabib questionou ainda a mudança de postura do desafeto, que recentemente tem utilizado suas redes sociais para conscientizar seus seguidores a cumprirem a quarentena e o isolamento social a fim de amenizar os danos causados pela pandemia do COVID-19 no planeta, mas ao provocá-lo insinuou que estaria pronto para lutar e contrariar todas as recomendações das autoridades de saúde e governamentais. O campeão classificou a atitude de McGregor como falsa e aproveitou para cutucar o rival de longa data.

“O que aconteceu no dia 6 de outubro de 2018? Quando nós tivemos seis meses de camp de preparação antes de luta, você faz tudo que pode, e entra no cage, você fala um monte de coisas ruins antes da luta, seis meses que você treinou muito duro e você entra no cage e dá três tapinhas como uma galinha”, rebateu Khabib, antes de comentar sobre a mudança de postura de McGregor.

“Ok, alguns dias atrás, ele mandou uma mensagem: ‘Hey, pessoal, por favor cuidem de suas famílias, fiquem seguras, fiquem em casa, o governo diz para ficar em casa’. Isso há uns dois dias atrás. Agora ele fala: ‘Eu estou em boa forma blá blá blá, eu vou lutar’. Isso é falso. Para mim, isso é falso. Eu sempre fui verdadeiro. Talvez alguns gostem, talvez alguns não gostem, mas esse não é o meu trabalho (agradar a todos). Mas eu sempre fui verdadeiro. Mas esse cara é falso. (…) Conor sempre vai ser o número dois, sempre. Ele nunca pode fazer nada comigo. Dentro do cage comigo, ele é zero”, finalizou o campeão dos leves do UFC.

O confronto entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson já havia sido cancelado anteriormente em outras quatro ocasiões, todas por problemas de lesões sofridas pelos atletas. O vencedor dessa disputa provavelmente teria como próximo adversário Conor McGregor, ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve do Ultimate, e que retornou aos octógonos em janeiro deste ano, com triunfo relâmpago sobre Donald Cerrone, após longo período afastado.