<
>

UFC: Marreta provoca Jon Jones e pede luta por cinturão contra Dominick Reyes

play
Títulos, doping e prisão: a carreira de Jon Jones, campeão do UFC (1:46)

O lutador foi preso em Albuquerque, no estado americano do Novo México, por dirigir embriagado e porte negligente de armas (1:46)

A notícia de mais uma prisão de Jon Jones mexeu com o mundo do MMA. Na madrugada da última quinta-feira (26), o campeão dos meio-pesados (93 kg) foi detido por dirigir enquanto intoxicado, uso negligente de armas de fogo, posse de uma garrafa de bebida alcoólica aberta em seu veículo e por estar sem provas do seguro do carro. Com mais um episódio delicado fora do octógono, alguns lutadores do Ultimate se manifestaram sobre o fato. Um deles foi Thiago ‘Marreta’, que fez uma sugestão à organização.

Através de suas redes sociais, o brasileiro pediu para o Ultimate fazer uma luta entre ele e Dominick Reyes pelo cinturão da categoria. Sua justificativa para essa sugestão é que Jon Jones sempre está metido em confusões.

“Acho que a divisão dos meio-pesados do UFC precisa de um novo campeão! (Um que não está sempre em apuros!) Acho que eu e Reyes merecemos lutar por esse cinturão”, escreveu o lutador, que segue sua recuperação da cirurgia nos joelhos e ainda não tem previsão exata de volta.

Vale ressaltar que ‘Marreta’ e Reyes foram os últimos adversários de Jon Jones no UFC e estiveram perto de desbancar o americano. O brasileiro, com lesões nos joelhos, levou o duelo até o fim e foi superado por decisão dividida. Já o americano também perdeu por pontos, mas em uma luta bem controvérsia, já que para muitos especialistas do meio, ele venceu este confronto.