<
>

Federer doa um milhão de dólares aos mais necessitados na Suíça

play
Após testar positivo para coronavírus, Thiago Wild faz alerta: 'É uma doença séria' (0:39)

O tenista brasileiro afirmou que já está em processo de recuperação e chamou a atenção para a seriedade do vírus (0:39)

O tenista suíço Roger Federer, campeão de vinte Grand Slams, anunciou nesta quarta-feira a doação de um um milhão de dólares (R$ 5 milhões) para as famílias pobres de seu país, as mais vulneráveis às consequências da pandemia do coronavírus.

“Vivemos um momento difícil para todos nós e ninguém deve ser deixado de lado. Mirka (sua esposa) e eu decidimos fazer uma doação pessoal de um milhão de francos suíços para as famílias mais desfavorecidas da Suíça”, anunciou Roger Federer em seu Instagram, em mensagem escrita em francês, alemão e inglês.

“Nossa contribuição é apenas um início. Esperamos que outros se juntem para ajudar ainda mais as famílias em necessidades. Juntos podemos superar esta crise! Continuem com boa saúde!”, concluiu o ex-número 1 mundial, um do atletas mais bem pagos do mundo, com receita de 93,4 milhões de dólares em 2019, segundo a revista especializada Forbes. Federer e sua esposa não deram mais detalhes sobre o destino da doação.

Ver essa foto no Instagram

These are challenging times for everyone and nobody should be left behind. Mirka and I have personally decided to donate one million Swiss Francs for the most vulnerable families in Switzerland. Our contribution is just a start. We hope that others might join in supporting more families in need. Together we can overcome this crisis! Stay healthy! Dies sind herausfordernde Zeiten für uns alle und niemand sollte zurückgelassen werden. Mirka und ich haben beschlossen, persönlich eine Million Schweizer Franken für die am stärksten gefährdeten Familien in der Schweiz zu spenden. Unser Beitrag ist nur ein Anfang. Wir hoffen, dass sich andere anschließen, um noch mehr bedürftige Familien zu unterstützen. Gemeinsam können wir diese Krise überwinden! Bleibt gesund! Nous vivons une période difficile pour nous tous et personne ne doit être laissé pour compte. Mirka et moi avons décidé de personnellement faire don d'un million de francs suisses aux familles les plus défavorisées en Suisse. Notre contribution n'est qu'un début. Nous espérons que d'autres se joindront à nous pour aider encore plus de familles dans le besoin. Ensemble, nous pouvons surmonter cette crise! Restez en bonne santé!

Uma publicação compartilhada por Roger Federer (@rogerfederer) em