<
>

Confiante! Jan Blachowicz mira 'title shot' e promete nocautear Jon Jones

A vitória por nocaute sobre Corey Anderson na luta principal do UFC Rio Rancho trouxe mais do que a vingança pela derrota sofrida por Jan Blachowicz em 2015. O expressivo triunfo chamou a atenção de Jon Jones – atual campeão dos meio-pesados (93 kg) e que estava presente no evento – e colocou o polonês próximo de garantir uma chance de disputar o cinturão da categoria.

A troca de palavras entre Jan e ‘Bones’ logo após o término da luta e a aparente empolgação do americano com a atuação do polonês levam a crer que uma disputa entre os dois pode ser agendada para o futuro próximo. E, de acordo com o lutador europeu, mesmo que o Ultimate opte pela revanche entre Jon Jones e Dominick Reyes, ele esperaria pelo vencedor até conseguir seu ‘title shot’. Se for o caso, Blachowicz – que apostaria em mais um triunfo do campeão e consequentemente um duelo contra ele pelo cinturão – promete nocautear e acabar com o reinado da superestrela do UFC.

“Eu acredito que sou o próximo desafiante ao título, e eu não quero uma luta diferente. Só o title shot (me interessa). Eu vou esperar. Tenho muitas coisas para fazer, então não vou ficar entediado, eu posso esperar. Eu faço isso a minha vida inteira, e esperei por isso por tanto tempo, eu estou pronto. Provei que eu mereço o title shot, e eu vou fazer isso, e vou levar o cinturão para a Polônia”, declarou Jan Blachowicz, antes de comentar sobre o possível duelo contra Jon Jones.

“Nós já temos algo para Jon Jones. Mas é um segredo, e nós vamos mostrar isso na luta. Vou nocauteá-lo, eu prometo”, enfatizou o meio-pesado polonês, ao site ‘MMA Junkie’.

Após um início não muito promissor no UFC, Jan Blachowicz soma sete vitórias, sendo três consecutivas, e apenas um revés em seus últimos oito confrontos. Sua única derrota neste período veio pelas mãos do brasileiro Thiago ‘Marreta’, em fevereiro do ano passado. Seus planos de conseguir uma disputa pelo título dos meio-pesados podem ser adiados caso o Ultimate decida pela revanche entre Jon Jones e Dominick Reyes. O equilibrado primeiro duelo entre os atletas terminou com vitória do campeão por decisão dos juízes, mas tal julgamento foi bastante contestado por grande parte da comunidade do MMA, que viu o triunfo do desafiante na luta.