<
>

Atlético-MG tem dinheiro para investir e 'obrigação' de monitorar Arana, diz diretor

play
Maílton se apresenta ao torcedor do Atlético-MG e comenta características: 'Sou ofensivo, mas não deixo a desejar lá atrás' (0:55)

O lateral chamou atenção na Série B em 2019, jogando pelo Operário, e foi o primeiro reforço anunciado pelo Galo (0:55)

Guilherme Arana está no radar do Atlético-MG. O diretor de futebol do clube mineiro, Rui Costa, admitiu o interesse em contratar o lateral-esquerdo, que pertence ao Sevilla e atualmente defende o Atalanta por empréstimo.

O dirigente disse que o Atlético tem recursos para investir e "obrigação" de monitorar a situação do ex-jogador do Corinthians.

"Ele (Arana) já manifestou interesse de voltar para o Brasil. E aí, sim, a gente tem a obrigação de monitorar um jogador desse nível. Não tem uma negociação que está prestes a acontecer ou algo que possa ser finalizado a qualquer momento. O Atlético está monitorando a situação dele. Ele foi para um clube da Itália, foi um investimento muito alto do Sevilla. Estamos fazendo o que todos os clubes grandes têm que fazer: observar os jogadores que estão no mercado", disse Rui Costa.

"O Atlético é um clube que tem condição de investir porque está se preparando para isso. Mas é evidente que conta com patrocinadores, com apoiadores em situações pontuais. Mas não há esse modelo de negócio (definido) com o Arana", acrescentou.

Nos últimos dias, o jornal Estadio Deportivo, da Espanha, revelou que o Atlético-MG já teve uma proposta recusada pelo Sevilla para ter Arana por empréstimo. O clube fez uma nova investida para comprar 50% dos direitos do atleta.

Aos 22 anos, Arana não conseguiu repetir na Europa o futebol apresentado no Corinthians. Na atual temporada, o brasileiro atuou apenas em seis jogos pelo Atalanta.