<
>

Olimpíada de Tóquio põe camas de papelão para atletas e garante que elas aguentam sexo, mas só com 2 pessoas

A Vila Olímpica dos Jogos de Tóquio contará com uma novidade para os atletas: camas de papelão. O Comitê Organizador da Olimpíada anunciou na última quinta-feira (9) que apostará em sustentabilidade com 18 mil leitos recicláveis.

Parece estranho, mas os fabricantes garantem que as camas são resistentes. Até mesmo durante o sexo. Com um detalhe: só com duas pessoas.

"Contanto que fiquem apenas duas pessoas na cama, ela deve ser forte suficiente para suportar a carga. Conduzimos experimentos, como jogar pesos em cima da cama", disse a Airweave, em nota.

De acordo com a organização, as camas suportam até 200kg.

Vale lembrar que na Rio 2016, os organizadores disponibilizaram 450 mil preservativos na Vila Olímpica. A quantia foi três vezes maior do que o estoque de quatro anos antes, em Londres.

Takashi Kitajima, gerente geral da Vila Olímpica em Tóquio, acrescentou que as camas serão recicladas após o fim dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

"Elas são mais fortes que as camas de madeira. O Comitê Organizador estava pensando em itens recicláveis, e a cama era uma das ideias. Preferimos não destruir as coisas que construímos, mas continuarmos a usá-las. Esse é um elemento fundamental para promover a sustentabilidade", destacou.