<
>

Bruno Gazani nocauteia e segue invicto no Glory; campeão peso-leve mantém cinturão

Bruno Gazani prova, cada vez mais, que veio para fazer barulho no Glory. Após estrear com o pé direito na organização, em outubro, a promessa brasileira do evento voltou a vencer no último sábado (7), na 73ª edição do show, com sede na China. Em disputa válida pelos pesos-leves (70 kg), o atleta tupiniquim venceu o russo Vlaid Tuinov por nocaute técnico no terceiro assalto e manteve sua invencibilidade na maior liga de kickboxing do planeta.

O segundo triunfo do brasileiro em sua recente trajetória no evento foi conquistado com ótimas joelhadas, que levaram seu adversário russo ao chão por duas vezes – na última delas, sendo declarado o nocaute técnico a favor de Bruno. E apesar do pouco tempo de casa, Gazani já vislumbra objetivos maiores no Glory.

“Fechei 2019 da melhor forma possível. Vamos chegar cada vez mais forte nessa categoria em 2020, para bater de frente com os melhores. O cinturão dos leves virá para o Brasil de qualquer jeito”, declarou Gazani, em comunicado enviado à imprensa.

O cinturão dos pesos-leves foi, inclusive, posto à prova no mesmo evento na China. Na luta principal do show, Marat Grigorian, atual campeão da categoria até 70 kg, venceu e manteve seu reinado diante do desafiante Elvis Gashi – que acabou nocauteado no quinto assalto da disputa.

Além de Gazani, outro brasileiro também entrou em ação no ringue do Glory no último sábado. Mas ao contrário de seu compatriota, Bruno Chaves não teve tanta sorte. Em duelo válido pelos pesos meio-pesados (95 kg) contra Andrei Herasimchuk, o lutador tupiniquim acertou um golpe baixo em seu rival, que não conseguiu se recuperar do chute ilegal sofrido. Sendo assim, o confronto terminou sem resultado.

O card de número 73 do Glory foi a penúltima edição do evento na temporada. O último show da companhia terá sede na Holanda e será disputado no dia 21 de dezembro, com direito a participação do astro brasileiro da companhia Alex ‘Poatan’.

Confira abaixo todos os resultados do Glory 73

Marat Grigorian venceu Elvis Gashi por KO

River Daz venceu Goafeng Meng por decisão dividida

Josh Jauncey venceu Stoyan Koprivlenski por decisão dividida

Goafeng Meng venceu Masaya Kubo por decisão unânime

River Daz venceu Binqian Hu por decisão unânime

Chao Sun venceu Farkhat Gassanov por TKO

Jin Hyuk Kim venceu Dongqiang Lu por TKO

Andrei Herasimchuk vs. Bruno Chaves acabou sem resultado (golpe baixo acidental)

Bruno Gazani venceu Vlad Tuinov por TKO

Chuanlin Zhao venceu Thong Fairtex por TKO

Jianhong Yu venceu Yunlong Dou por decisão unânime

Selina Flores venceu Meng Zhang por decisão dividida