<
>

Cruzeiro pede torcida única para 'decisão' contra o rebaixamento e ganha apoio do Ministério Público

O Cruzeiro entrou durante a noite desta quinta-feira no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com um pedido por torcida única na partida de domingo, no Mineirão, contra o Palmeiras. O jogo, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro, pode definir o rebaixamento da equipe mineira para a Série B.

Em nota à imprensa, o clube mineiro afirma que "o próprio Ministério Público já se manifestou favoravelmente"

O ESPN.com.br teve acesso à solicitação do Ministério Público de Minas Gerais.

Nele, o MP cita a "rivalidade existente entre as torcidas das duas agremiações" e escreve que "cabe aos órgãos de segurança envolvidos zelar de forma preventiva" a integridade física de qualquer torcedor e demais pessoas envolvidos no evento.

O requerimento termina com duas recomendações à Federação Mineira de Futebol, em conjunto com a CBF. São elas:

  1. Adote todas as providências administrativas de forma a permitir a entrada apenas de torcedores do clube mandante;

  2. Adote as providências necessárias para comunicar a CBF a respeito da presente recomendação.

Paulo de Tarso Morais Filho assina o protocolo.

O que o Cruzeiro precisa para se salvar?

Com a derrota para o Grêmio, o time mineiro não depende somente de si.

Primeiro, tem que vencer seu jogo contra o Palmeiras. Com isso, chegará a 39 pontos.

O Ceará tem que perder para o Botafogo. Caso haja um empate, os cearenses se salvam, pelos motivos explicados acima.

Resumindo, Cruzeiro só se salva com vitória e derrota do Ceará.