<
>

Técnico português ironiza euforia com títulos de Jorge Jesus no Flamengo: 'Está ao nível da chegada de Armstrong à lua'

O sucesso de Jorge Jesus com o Flamengo surpreendeu muita gente - dentro e fora do Brasil. Mas não o português Domingos Paciência, ex-treinador do Sporting e La Coruña. Em entrevista à Rádio Renascença, o treinador criticou a euforia em torno do "Mister", que conquistou a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro no último fim de semana.

"Eu fiquei contente, é algo extraordinário na carreira de Jorge Jesus. Mas achei que (falar) 48 horas sobre isso (em Portugal) é um exagero", disse Domingos.

"É genial para Jorge Jesus e para a imagem dos treinadores portugueses, mas é um exagero (...) Isso está (sendo tratado) ao nível da chegada de Armstrong à lua. São os primeiros passos de Armstrong na Lua e os primeiros passos de Jesus no Brasil", ironizou o treinador.

Durante a entrevista, Domingos Paciência ainda relembrou que outros treinadores portugueses também tiveram conquistas em outros países. O principal nome é José Mourinho, que foi campeão na Inglaterra, Itália e Espanha.

Domingos disse também que não acredita que o sucesso de Jesus atraia portugueses para o futebol brasileiro.

"É bom para o futebol português, é bom para o treinador português, mas isso não me diz que vão abrir portas para o treinador português no Brasil", avaliou.

"Alguma coisa de estranho se passou durante todos esses anos, porque sempre foram os treinadores brasileiros que vieram para Portugal e nunca os portugueses procuraram o Brasil para trabalhar", acrescentou.

Por fim, ele reconheceu a grandeza dos títulos de Jorge Jesus com o Flamengo, mas fez uma ressalva ao dizer que não se trata de uma "vitória" para Portugal.

"Não há dúvidas de que Jesus fez um bom trabalho, em poucos meses deu ao Flamengo aquilo que o clube queria há muitos anos. É um feito de enaltecer, é uma vitória dos portugueses no Brasil mas não pode ser uma vitória de todos os portugueses. É um clube e não um país", finalizou.