<
>

Faltando 4 rodadas, o que ainda está em aberto no Brasileirão? Veja as disputas

O Campeonato Brasileiro ainda não acabou.

O Flamengo já garantiu o título com quatro rodadas de antecedência, é verdade, mas a disputa segue na competição nacional. Isso porque há vagas em aberto para a Copa Libertadores e times lutando para escapar do rebaixamento.

Mas quem ainda está na disputa?

O ESPN.com.br separou as principais brigas que devem acirrar as quatro rodadas restantes do Brasileirão.

Vaga direta para a Libertadores

Restam duas das quatro vagas diretas para a Libertadores. Santos e Palmeiras já estão matematicamente classificados para a fase de grupos do torneio. Grêmio, São Paulo, Internacional e Corinthians disputam as outras duas vagas diretas.

Vale lembrar que Flamengo (campeão da Libertadores) e Athletico-PR (campeão da Copa do Brasil) também já possuem vaga direta para a edição de 2020.

A situação do Grêmio é a mais confortável. Na quarta posição, o time gaúcho chegou a 59 pontos após a vitória sobre o Palmeiras e está muito perto de garantir presença na fase de grupos – a vaga para a pré-Libertadores já está assegurada. O time tem cinco pontos de vantagem para o São Paulo e pode confirmar a classificação com mais quatro dependendo da combinação de resultados.

São Paulo e Inter dependem somente de si para também se classificarem. As equipes estão separadas por apenas três pontos (54 a 51) na sexta e sétima colocação, respectivamente, e têm confronto direto na penúltima rodada. Antes, porém, o time do Morumbi enfrenta Vasco e Grêmio, enquanto o Colorado tem Goiás e Botafogo pela frente.

Já o Corinthians, com 50 pontos, ainda tem chances, mas precisa contar com tropeços dos concorrentes diretos.

Próximos jogos:

Grêmio

Athletico-PR (fora), São Paulo (casa), Cruzeiro (casa) e Goiás (fora)

São Paulo

Vasco (casa), Grêmio (fora), Internacional (casa) e CSA (fora)

Internacional

Goiás (casa), Botafogo (fora), São Paulo (fora) e Atlético-MG (casa)

Corinthians

Avaí (casa), Atlético-MG, (fora), Ceará (fora) e Fluminense (casa)

Além das quatro vagas diretas, outras duas dão classificação para a pré-Libertadores (duas eliminatórias antes da fase de grupos). Além das equipes citadas acima, Goiás, Vasco, Bahia, Fortaleza e Atlético-MG ainda têm chances matemáticas de se classificarem desta maneira.

Luta contra o rebaixamento

Já contra o rebaixamento a briga também está acirrada.

Na teoria são 11 equipes brigando para escapar de três vagas que ainda estão abertas: Chapecoense, CSA, Cruzeiro, Ceará, Fluminense, Botafogo, Atlético-MG, Fortaleza, Vasco, Bahia e Goiás.

O Avaí, com 18 pontos, já está rebaixado desde a rodada passada quando empatou com o Cruzeiro. Sendo assim, restam três vagas. A Chapecoense (28 pts) e o CSA (29 pts) ainda não caíram, mas muito dificilmente irão escapar. Precisam vencer todos os seus jogos e contar com uma combinação muito improvável de resultados.

Sendo assim, a briga que mais deve se acirrar nas últimas rodadas é para escapar da última vaga contra o rebaixamento, que deve ficar entre Cruzeiro, Ceará, Fluminense e Botafogo.

O Cruzeiro está em situação complicada com 36 pontos, não vence há cinco jogos e tem uma tabela difícil pela frente. O Ceará, que não vence há três e soma 37 pontos, também terá uma tabela complicada, enfrentando "só" o campeão Flamengo na próxima rodada. O Cruzeiro, na próxima rodada, faz um duelo decisivo contra o CSA no Mineirão.

O Fluminense venceu na última segunda-feira jogo importante com o CSA fora de casa, chegou a 38 pontos e respirou um pouco. Dos próximo quatro jogos, dois são em casa e um já contra o rebaixado Avaí. Uma tabela na teoria mais simples.

Já o Botafogo está mais tranquilo, com três pontos de vantagem para o primeiro colocado da zona, mas com uma tabela nem tão fácil e um duelo direto na última rodada contra o Ceará em casa.

Próximos jogos:

Cruzeiro

CSA (casa), Vasco (fora), Grêmio (fora) e Palmeiras (casa)

Ceará

Flamengo (fora), Athletico-PR (casa), Corinthians (casa) e Botafogo (fora)

Fluminense

Palmeiras (casa), Avaí (fora), Fortaleza (casa) e Corinthians (fora)

Botafogo

Chapecoense (fora), Internacional (casa), Atlético-MG (fora) e Ceará (casa)