<
>

Presidente do Brescia fala sobre Balotelli com referência racista: 'É negro, está trabalhando para clarear'

Mario Balotelli voltou a ser assunto em um caso lamentável de racismo na Itália. O presidente do Brescia, Massimo Cellino, falou sobre a situação do atacante no clube, mas usou tom pejorativo sobre a cor de pele do jogador.

"O que você quer que eu diga sobre ele? Ele é negro, está trabalhando para se clarear, mas está com problemas", disse Cellino.

A frase foi dita antes de entrevista coletiva do dirigente. Vale lembrar que no início de novembro Balotelli foi alvo de ofensas racistas durante uma partida contra o Hellas Verona.

"Ele deve dar respostas em campo, não nas redes sociais. Mas ele não é o bode expiatório para a difícil situação do Brescia", acrescentou.

Após a repercussão da declaração de Cellino, o Brescia divulgou nota oficial alegando que tratava-se de "uma piada paradoxal, claramente incompreendida".

Atualmente, o Brescia é último colocado do Campeonato Italiano, com apenas sete pontos em 12 jogos.

Balotelli chegou ao clube em agosto após ser especulado no Flamengo.

Na última quinta-feira, o atacante foi expulso de um treinamento da equipe por conta de "falta de intensidade". Posteriormente, ele ainda foi deixado de fora da partida contra a Roma.