<
>

Eliminatórias da Euro: Gnabry anota hat-trick, e Alemanha goleia Irlanda do Norte; Wijnaldum também faz 3 em vitória da Holanda

Já classificadas para a Eurocopa 2020, Alemanha e Holanda encerraram as Eliminatórias para a competição continental em alta. Nesta terça-feira, os alemães golearam a Irlanda do Norte por 6 a 1 em Frankfurt e confirmaram a liderança do Grupo C. Já os holandeses bateram a Estônia por 5 a 0 e fecharam a disputa na segunda posição da chave.

A vitória alemã - a terceira consecutiva - foi marcada por brilho de Serge Gnabry. O meia do Bayern de Munique anotou três gols e foi o destaque da equipe comandada pelo técnico Joachim Low. Ele chegou a 13 gols em 13 partidas pela seleção.

Mas a goleada começou com um susto. Isso porque aos sete minutos, Michael Smith colocou a Irlanda do Norte em vantagem com finalização da entrada da área. A desvantagem, porém, durou pouco. Gnabry, aos 19 marcou o primeiro dos três gols e igualou o placar - ele voltaria a marcar aos dois e 15 minutos do segundo tempo. Leon Goretzka (duas vezes) e Julian Brandt anotaram os outros gols do triunfo.

Vitória da Holanda tem manifestação contra racismo

Se teve hat-trick em Frankfurt, também teve em Amsterdã.

No outro duelo da chave, quem balançou três vezes a rede foi Georginio Wijnaldum. O meia do Liverpool anotou um hat-trick pela primeira vez com a seleção e foi o grande nome da goleada diante da Estônia, que se despede das Eliminatórias com apenas um ponto e sem nenhuma vitória.

Na comemoração do primeiro gol, um recado importante: Wijnaldum e Frank de Jong posaram lado a lado e fizeram uma celebração contra o racismo no futebol.

Nathan Ake e Myron Boadu completaram a vitória.

Classificação

Com os resultados, a Alemanha fecha as Eliminatórias na ponta do Grupo C, com 21 pontos - dois a mais que a Holanda. A liderança da chave confirma os alemães como cabeças de chave na competição do ano que vem.

A Irlanda do Norte ainda terá chance de se classificar para a Euro pelos playoffs.

A Euro 2020 será disputada entre junho e julho de 2020 em 12 cidades do continente europeu.