<
>

Tite revela conversa com Rodrygo, elogia 'hat-trick sem olhar para a câmera' e fica sem dormir por causa de Messi

play
Messi ou Neymar? Rodrygo não titubeia ao escolher o jogador favorito (0:15)

O atacante do Real Madrid e da seleção brasileiro evitou fazer qualquer tipo de comparação. Veja! (0:15)

O atacante Rodrygo está com moral com Tite. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na Universidade King Saud, em Riyadh, na Arábia Saudita, o treinador da seleção brasileira revelou uma conversa que teve com o atacante do Real Madrid.

"Eu disse que ele tinha que se orgulhar do comportamento e que desse um abraço nos pais pela educação, agradecesse ao Jair Ventura e que ele é um exemplo para um monte de garoto jovem que gostaria de estar na posição dele", falou.

O treinador também fez questão de elogiar a forma como o jogador de 18 anos reagiu durante a atuação espetacular contra o Galatasaray na Champions League.

"Vi que quando fez o primeiro gol foi abraçar o Benzema, que deu a assistência. Quando fez o hat-trick, não olhou para a câmera, pegou a bola e beijou", destacou.

O Brasil enfrenta a Argentina nesta sexta-feira, às 14h00 (de Brasília), no estádio da Universidade King Saud. Na véspera do clássico, Tite admitiu que Messi o deixa sem dormir.

"Continuo sem dormir direito para neutralizar um jogador (como Messi) com capacidade extraordinária; ele é um jogador diferente, tem qualidades técnicas impressionantes. Mas a gente nunca neutraliza um jogador assim, (precisamos) diminuir as virtudes. Mas o futebol é um esporte coletivo".

O técnico ainda citou experiências contra craques do nível do astro do Barcelona durante a resposta.

"Quando eu estava no Corinthians, passava três dias para ver como ia marcar o Neymar. Me criei no Caxias contra o Ronaldinho Gaúcho. O trabalho em equipe pode potencializar, depois o talento individual ajuda", falou.

Sem Neymar, Tite deve escalar Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Gabriel Jesus, Willian (Richarlison) e Roberto Firmino no amistoso contra o time argentino.

Sobre a seleção brasileira, Tite afirmou que a equipe está em "reinventando".

  • [ASSISTA] Messi treina e está liberado para retorno pela seleção argentina

"São 23 jogos oficiais, traduzindo em números, sem fingir modéstia, me orgulha a forma da equipe jogar, tem média de 2,2 gols por jogo. Destes 23, 17 vitórias. A equipe gosta de jogar, propõe, é alegre sem ser irresponsável. A ideia está bem clara nesses 23 jogos. Agora a equipe está num período de se reinventar, ela e seu técnico, eu me reinventando em cima de novos jogadores. Estamos nos reinventando para uma competição que vem em seguida. Mas dentro de uma ideia", comentou.