<
>

Após 'guerra' no Mineirão, Cruzeiro e Atlético-MG se reúnem e definem torcida única para próximos clássicos

play
Mineirão vive cenas de guerra com briga entre torcidas de Cruzeiro e Atlético-MG (2:41)

Confronto aconteceu após o clássico deste domingo pelo Brasileirão (2:41)

As brigas no clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG no último domingo tiveram consequência imediata. Nesta terça-feira, os clubes se reuniram e decidiram que os próximos encontros entre as equipes terão torcida única. A decisão foi tomada sem aprovação ou interferência do Ministério Público. A informação foi publicada pelo Superesportes.

Zezé Perrella, gestor de futebol do Cruzeiro, explicou a decisão de procurar o Atlético-MG para definir a mudança na distribuição de ingressos nos clássicos entre as equipes.

"O Cruzeiro é totalmente a favor de torcida única. É inadmissível se permitir que um clube tenha 10% de torcida. Só vai a turma disposta a brigar, tanto de Cruzeiro como de Atlético. Quando nós temos 10%, a turma que vai lá é a mais inflamada", disse.

No último domingo, o clássico mineiro foi marcado por "cenas de guerra" dentro e fora do Mineirão. Torcedores dos dois times entraram em confronto nas arquibancadas. Antes disso, a Polícia Militar já havia precisado agir para conter confusões nos arredores do estádio.

A partida também foi marcada por outro episódio triste: dois torcedores do Atlético-MG cuspiram e ofenderam racialmente um segurança.