<
>

Mais que Bob Marley e ex-Beatles: Arnold Palmer, lenda do golfe que morreu há três anos, faturou R$ 119 milhões em 2019

play
Final do rugby, NFL, NBA, muita Premier League e mais: os destaques do WatchESPN (1:41)

Mariana Spinelli te deixa por dentro da programação dos canais ESPN (1:41)

Lenda americana do golfe, Arnold Palmer morreu há três anos vítima de problemas cardíacos, mas segue alcançando marcas impressionantes. Um dos maiores nomes da modalidade nos Estados Unidos, "The King" faturou 30 milhões de dólares (R$ 119 milhões) em 2019 e está entre as celebridades mortas que mais lucraram no último ano. A lista foi divulgada na última quarta-feira pela revista Forbes.

Arnold Palmer é o quarto colocado e único esportista na lista que conta com Michael Jackson no topo. O "Rei do Pop", que morreu em junho de 2009, lucrou 60 milhões de dólares em 2019 e liderou o ranking pelo sétimo ano consecutivo. À frente do golfista também aparecem Elvis Presley e Charles Schulz, criador do Snoopy.

A quantia milionária de Palmer é fruto de parcerias com a MasterCard e a Rolex, além dos ganhos com sua bebida homônima no Arizona e de uma versão alcoólica lançada pela MolsonCoors, empresa multinacional de cervejas.

Neste ano, Arnold Palmer - que aparece na lista desde 2016 - deixou nomes de peso para trás. O golfista teve valores acima de Bob Marley (20 milhões de dólares), e dos ex-Beatles John Lennon (14 milhões de dólares) e George Harrison (9 milhões de dólares). Marilyn Monroe, Prince, e Whitney Houston também estão na lista.

Até o ano passado, o ex-pugilista Muhammad Ali também aparecia no ranking.

Arnold Palmer morreu aos 87 anos em 25 de setembro de 2016. O golfista emergiu como estrela nas décadas de 1950 e 1960. Membro do Hall da Fama do golfe desde 1974, ele foi o primeiro astro da modalidade na TV.

Ao longo da carreira, "The King" conquistou 42 títulos do PGA Tour, o principal circuito da modalidade.