<
>

Após derrota no boxe sem luvas, 'Pezão' cutuca críticos: 'Quem fica atrás de um computador...'

A estreia de Antônio ‘Pezão’ Silva no Bare Knuckle FC (evento que promove lutas de boxe sem luvas) não foi como ele esperava. O brasileiro foi nocauteado no segundo round pelo compatriota Gabriel ‘Napão’ Gonzaga, no último sábado (19), na cidade de Tampa, na Flórida (EUA). Apesar do revés, o ex-UFC utilizou suas redes sociais para parabenizar o adversário pela vitória conquistada e mandar um recado aos críticos.

Afastado do MMA desde junho de 2017, quando foi derrotado por Vitaly Minakov, ‘Pezão’ buscava se reinventar na carreira em uma nova modalidade. Sem saber o que é vencer desde agosto de 2015, o peso-pesado – que também já se aventurou no kickboxing, onde perdeu para Rico Verhoeven, em 2017 – acumula oito reveses em seus últimos dez combates de Mixed Martial Arts, sendo nove deles por nocaute. Ainda assim, de acordo com seu relato na publicação do ‘Instagram’, o lutador não pensa em aposentadoria e já fala em retomar os treinamentos.

“Passando aqui para parabenizar o companheiro de lutas Gabriel Napão, que fez uma luta limpa, honesta e que conseguiu o resultado positivo. Tá de parabéns, sem desculpas. É levantar a cabeça, olhar para frente, seguir em frente. E quero dizer o seguinte: ‘Só fica com essa marca aqui (olho roxo) quem sobe lá no ringue, no octógono. Quem fica atrás de um computador criticando não vai sentir esse sabor nunca, não vai sentir essa adrenalina nunca’. Agora é levantar a cabeça, continuar os treinos e seguir em frente”, declarou o brasileiro.

O próximo compromisso de Antônio ‘Pezão’ deve acontecer no kickboxing. O brasileiro tem luta marcada para o dia 30 de novembro, na Nova Zelândia, contra Greg Tony, pelo título super-pesado do World Kickboxing Network.