<
>

Jornal: Alex Ferguson, ex-técnico do Manchester United, é acusado de 'vender' jogo da Champions em troca de relógio de R$ 160 mil

Alex Ferguson, treinador do Manchester United entre 1986 e 2013, foi acusado de manipular o resultado de uma partida de Champions League em troca de um relógio Rolex de ouro de 30 mil libras (cerca R$ 160 mil). A alegação foi feita a um repórter disfarçado pelo agente Giuseppe "Pino" Pagliara. A informação foi divulgada na última quinta-feira pelo jornal britânico Daily Telegraph.

A partida apontada por Pagliara seria contra a Juventus. O agente é investigado por suborno ao lado de Tommy Wright, ex-assistente técnico do Barnsley FC, e do agente de futebol Dax Price.

Além disso, a publicação acrescenta que Pagliara também acusou Ferguson de receber dinheiro em acordos de transferências.

Apesar das declarações, Pagliara se diz inocente das acusações de ter pago ou facilitado subornos.

Alex Ferguson encerrou a carreira de técnico após décadas vitoriosas à frente do Manchester United. Pelos Diabos Vermelhos, ele conquistou, entre outros títulos, duas Champions e 13 vezes a Premier League.