<
>

Sergio Ramos, Griezmann, Cruyff... jornal lista xingamentos de jogadores contra árbitros no futebol espanhol

play
Real Madrid de volta à caça: Linares, da Espanha, informa sobre novo nome em pauta para os merengues (2:03)

Além do atacante norueguês do Red Bull Salzburg, os merengues também alimentam ainda mais o interesse em Christian Eriksen, do Tottenham (2:03)

A última partida do Barcelona foi marcada por uma polêmica: a expulsão de Ousmane Dembélé. O atacante recebeu o cartão vermelho na goleada por 4 a 0 contra o Sevilla após dizer que o árbitro Mateu Lahoz era "muito ruim". Uma semana depois, o assunto ainda rende na Espanha. Tanto é que neste sábado o jornal Marca resolveu listar outras ofensas que marcaram LaLiga.

A publicação conta com nomes de peso. Sergio Ramos, Antoine Griezmann e Cruyff estão na lista. O brasileiro Denílson também teve um momento relembrado no período que defendeu o Bétis.

Veja os principais xingamentos relembrados pelo Marca:

Johan Cruyff

Em 1977, o holandês chamou o árbitro de "filho da p..." durante uma partida entre Barcelona e Málaga. O curioso é que o craque alegou à época que não disse o xingamento, mas, sim, falava com um companhairo de equipe: "Manolo [Clares], marque já".

Diego Costa

Em abril deste ano, Diego Costa foi expulso na partida entre Barcelona e Atlético de Madrid. O encontra marcava um duelo direto pela disputa do título espanhol da temporada 2018-19, e terminou com triunfo por 2 a 0 do Barça. O hispano-brasileiro, no entanto, ganhou as manchetes ao receber o cartão vermelho ainda no primeiro tempo. "Me cago en tu puta madre", disse o atacante.

Sergio Ramos

Em 2013, Sergio Ramos pegou gancho de cindo jogos por ofender o árbitro Ayza Gámez na partida entre Real Madrid e Celta de Vigo. O juiz relatou que o zagueiro o chamou de "sem vergonha" em mais de uma ocasião.

Antoine Griezmann

Quando ainda defendia o Atlético de Madrid, Griezmann também protagonizou um momento de fúria contra a arbitragem. O atacante pegou dois jogos de suspesão em 2017 depois que chamou Juan Martinez Munuera de "cagão".

Denílson

O ex-atacante de São Paulo, Palmeiras e seleção brasileira defendeu o Bétis entre 1998 e 2005. Durante a passagem na Espanha, Denílson disparou contra a arbitragem em um jogo contra o Osasuña. Na ocasião, ele reclamou de uma falta não marcada e teria dito: "Está de brincadeira ou o quê? É um filho da p... marque, marque".