<
>

Anthony Johnson mira luta contra Francis Ngannou pelo título dos pesados em volta ao UFC

Em abril de 2017, Anthony Johnson anunciava que se aposentava do MMA, após derrota para Daniel Cormier, em disputa pelo cinturão do peso meio-pesado (93 kg).

Porém, dois anos e meio depois, o americano parece querer voltar a pisar no octógono, na categoria peso-pesado, e já deixou claro quem gostaria de enfrentar.

Em entrevista coletiva realizada pela ‘Dominance MMA Media Day’, na última terça-feira (8), o ‘Rumble’ fez questão de elogiar Francis Ngannou e o colocou como alvo para o seu retorno, em uma possível disputa de título da categoria, que atualmente é reinada por Stipe Miocic. Caso se confirme este combate, o americano ia lutar pela quarta divisão de peso diferente no Ultimate, uma vez que ele soma passagens entre os meio-médios (77 kg), médios (84 kg) e meio-pesados.

“Eu acho que o cara mais assustador da divisão é Francis (Ngannou). O mais assustador, não o melhor, mas o mais assustador. (…) Essa é uma luta muito empolgante e grande para não ser pelo título, se um de nós estiver com o cinturão. (…) Se eu lutar contra Francis, quero que seja por algo sério. Não é apenas uma luta ou uma luta principal de um evento. Vamos lutar pelo título, da maneira que realmente importa.”, afirmou o lutador de 35 anos, de acordo com transcrição do site ‘MMA Fighting’.

Antes de se retirar do MMA, Anthony Johnson teve duas chances de sagra-se campeão dos meio-pesados da organização. No entanto, bateu na trave em ambas as ocasiões, sendo derrotado por Daniel Cormier. E justamente seu último algoz foi um dos responsáveis por motivá-lo a retornar ao octógono.

“Estou de volta porque quero. Algumas pessoas querem dizer que (essa volta) é por dinheiro. Elas podem dizer o que quiserem. Honestamente, estou de volta porque quero voltar e DC (Daniel Cormier) e Stipe (Miocic) realmente me motivaram a isso”, revelou.

Com 35 anos, Anthony Johnson tem um cartel de 22 vitórias e seis derrotas. O americano tem a impressionante marca de 16 triunfos por nocaute na carreira.

rreira.