<
>

Opinião: Borrachinha prova que pode vencer qualquer um e ocupar o lugar de Anderson Silva

Paulo Borrachinha é tudo isso mesmo? Resistiria a um top da categoria? Estaria pronto para já enfrentar um desafio duro agora?

O brasileiro respondeu dentro do octógono a todas as dúvidas que o público tinha sobre ele. Sim, Paulo Borrachinha é tudo isso mesmo. E está pronto até para assumir o posto que Anderson Silva deixou aberto no Brasil.

A vitória diante de Yoel Romero no UFC 241 foi mesmo gigante. Apertada, é verdade - e até um tanto polêmica na visão de alguns. Mas Romero é muito acima da média e jamais foi dominado por ninguém. Nem mesmo o campeão Robert Whitaker teve facilidade - venceu uma luta até mais polêmica, aliás.

E o cubano tem o estilo de jogo mais complicado para o brasileiro. Durissimo em pé e com um dos melhores jogos de quedas da história do MMA.

Borrachinha mostrou que pode enfrentar isso. Provou que tem queixo para aguentar os fortes golpes do cubano e mostrou boa defesa de queda no primeiro round - o fato de Romero não ter tentado mais tem a ver com isso.

Se venceu o cubano, Borrachinha pode sim vencer qualquer um.

Mas ele terá que aceitar que mostrou algumas brechas no seu jogo. E trabalhar bastante para corrigi-las.

São duas coisas principais. A primeira - e mais importante - é o gás. O brasileiro cansou ainda no meio do segundo round, e isso quase lhe custou a luta. Também interferiu no segundo ponto que ele precisa melhorar: a defesa de golpes. Cansado, Borrachinha engoliu muitos socos - e isso nunca é bom claro. Mostrou que aguenta a pancada, mas isso pode cobrar um preço mais cedo do que tarde.

Mas mesmo com esses dois problemas, o balanço final é bem positivo.

Até pela forma como luta.

Borrachinha empolga o público. Luta andando para frente, encurralando o rival e sem medo nenhum. Domina o combate e não quer saber de ganhar feio.

É disso que o público mais sente falta desde que Anderson Silva deixou de estar no auge.

E Borrachinha agora é o principal nome para preencher esse vazio e ultrapassar a barreira do MMA para virar um grande ídolo brasileiro.