<
>

UFC: Rafael dos Anjos é derrotado por decisão unânime em San Antonio; Massaranduba tem resultado polêmico

O UFC San Antonio, disputado no Texas (EUA), teve derrota de Rafael dos Anjos na luta principal neste sábado. O brasileiro não foi páreo para Leon Edwards, que venceu por decisão unânime (50-45, 49-46 e 49-46).

Dos Anjos, de 34 anos, vinha de uma vitória com finalização sobre Kevin Lee, em maio deste ano. Isso deu uma sobrevida ao brasileiro na categoria peso meio-médio, afinal tinha perdido as suas duas últimas lutas, e agora estava no quarto lugar no ranking da divisão.

E não demorou para que ele voltasse ao octógono. Rafael contou que Dana White, presidente do Ultimate, ligou o convidando para essa luta principal, e o brasileiro não conseguiu negar.

Seu oponente era Leon Edwards, de 27 anos, que vinha de um cartel com 17 vitórias (sendo 7 vitórias consecutivas) e 3 derrotas.

A luta

Edwards começou surpreendendo e derrubou Rafael, que é faixa-preta de jiu-jítsu. Em seguida, o brasileiro, escorado na grade, se levantou, e acertou a linha de cintura do inglês, que devolveu com uma cotovelada.

No segundo round, Edwards desta vez acertou cotovelada em Dos Anjos, que teve sangramento no supercílio direito. O brasileiro conectou um chutaço na base do adversário, que caiu.

No terceiro round, Dos Anjos tentou reagir e atacar mais, porém, o inglês conseguiu controlar o embate e levou vantagem.

No quarto round, os dois lutadores trocaram golpes na curta distância, mas, claramente, o brasileiro estava mais cansado e machucado.

No último round, Dos Anjos tinha que tentar alguma coisa para reverter o placar, e foi mais incisivo, mas Edwards não se arriscou e só esperou o final do combate. Vitória do inglês por decisão unânime.

Polêmica

Na outra luta com brasileiro no card principal, pelo peso-leve, Francisco Massaranduba, veterano de 40 anos, vinha com um histórico de 23 vitórias e 6 derrotas. Em sua última luta, ano passado, superou Evan Dunham com um nocaute.

Seu adversário era Alexander Hernandez, bem mais novo, com 26 anos, e que vinha de um cartel com 10 vitórias e 2 derrotas.

O piauiense conseguiu fazer uma luta equilibrada, e teve bons momentos. Mas a vitória foi do norte-americano por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28). Resultado polêmico, tanto que Massaranduba nem ficou no octógono depois do anúncio, claramente desapontado e nervoso.

Nocautes e ex-NFL

Destaque também para três lutas no card principal, que acabaram ainda no primeiro round, com nocautes. Walt Harris atropelou Alexey Oleynik no co-evento, pelos pesos-pesados. Com um soco, joelhada e um cruzado, acabou com a luta em apenas 12 segundos.

O ex-NFL Greg Hardy, com passagens por Carolina Panthers e Dallas Cowboys, conseguiu sua terceira vitória no UFC no peso-pesado. Ele acertou uma sequêncioa de socos em Juan Adams, e o árbitro encerrou em apenas 45 segundos.

Já o peso-leve Dan Hooker acabou com James Vick aos 2m33s do primeiro assalto, com um soco de esquerda que acertou em cheio o adversário, que foi para a lona.

Já no card preliminar, o saldo foi positivo, com três (Klidson Abreu, Jennifer Maia e Felipe Cabocão), de quatro brasileiros, vencendo suas lutas.

Veja todos os resultados do card principal do UFC San Antonio:

CARD PINCIPAL

Peso-meio-médio: Leon Edwards vence Rafael dos Anjos por decisão unânime (50-45, 49-46 e 49-46)
Peso-pesado: Walt Harris venceu Alexey Oleynik por nocaute aos 12s do round1
Peso-pesado: Greg Hardy venceu Juan Adams por nocaute técnico aos 45s do round1
Peso-leve: Dan Hooker venceu James Vick por nocaute aos 2m33s do round1
Peso-leve: Alex Hernandez venceu Francisco Massaranduba por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Peso-pesado: Andrei Arlovski venceu Ben Rothwell por decisão unânime (triplo 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso-pena: Alex Caceres venceu Steven Peterson por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Peso-galo: Raquel Pennington venceu Irene Aldana por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Peso-meio-pesado: Klidson Abreu venceu Sam Alvey por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Peso-mosca: Jennifer Maia venceu Roxanne Modaferri por decisão unânime (triplo 30-27)
Peso-galo: Ray Borg venceu Gabriel Silva por decisão unânime (triplo 29-28)
Peso-galo: Mario Bautista venceu Jim Soo Son por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Peso-galo: Felipe Cabocão venceu Domingo Pilarte por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)