<
>

Brasil segue 'favoritaço' para passar em 1º do grupo na Copa América; veja projeções

play
Hofman destrincha problemas do Brasil e explica trocas que Tite deveria fazer no time: 'Precisa mudar' (4:03)

Para o repórter, duas mudanças são naturais, e a Copa do Mundo é o exemplo (4:03)

O empate em 0 a 0 com a Venezuela não abalou as chances de a seleção brasileira terminar a primeira fase na liderança do grupo A da Copa América. Ao menos é essa projeção do FiveThirtyEight, site parceiro da ESPN que usa uma série de combinações matemática para calcular probabilidades.

Segundo a ferramenta, a chance de o Brasil ser o campeão de sua chave é de 82,9%, enquanto o Peru tem apenas 12%, e a Venezuela , 5,1% - a Bolívia não tem mais essa possibilidade.

Antes da última rodada, a seleção de Tite ocupa a primeira colocação graças ao saldo de gols, já que tem os mesmos quatro pontos do Peru. A Venezuela, por sua vez, tem dois pontos, enquanto a Bolívia ainda não pontuou e pode ser, no máximo, terceira da chave.

Para o Brasil, a chance de se classificar com a segunda colocação, o que ocorreria com derrota para o Peru ou empate e vitória da Venezuela sobre a Bolívia por quatro ou mais gols de saldo, é de 9,9%, segundo a projeção. Já a probabilidade de ser terceiro é de 7,2%.

Na Copa América, os dois primeiros lugares de cada uma das três chaves avançam direto, mas também é possível passar com um dos dois melhores terceiros colocados.