<
>

Preparação para a Copa América servirá para aprimorar modelo de jogo da Seleção

A Seleção Brasileira realizou nesta quinta-feira seu primeiro treinamento com foco na Copa América. Reunido na Granja Comary, o grupo de jogadores terá 22 dias para se preparar para a competição continental. Um dos principais objetivos da comissão técnica neste período será ajustar detalhes e aprimorar o modelo de jogo que Tite quer ver em campo.

O treinador quer ver uma equipe que controle as ações da partida, tendo principal mecanismo a posse de bola. Nos últimos oito jogos disputados, por exemplo, o Brasil teve 64% de posse de bola e 617 passes completados em média. Além disso, Tite quer que o time seja incisivo no ataque, com um número elevado de finalizações. Dessa forma, os exercícios que serão colocados em prática nas sessões de treinamento serão formuladas a partir dessas necessidades estabelecidas pelo comandante.

Uma característica a ser destacada no grupo de jogadores convocados para a Copa América é a redução da média de idade em relação aos atletas que disputaram a Copa do Mundo de 2018. O número médio caiu de 28,1 para 27,2. Enquanto o time terá jogadores experientes como Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luis, oito nomes disputarão um torneio oficial pela Seleção Principal pela primeira vez.

Para decidir quais seriam os jogadores selecionados disputar a Copa América, Tite testou um total de 44 jogadores nas convocações dos últimos oito amistosos. Nesse período pós-Copa, o Brasil teve sete vitórias e um empate, com 92% de aproveitamento. O destaque foi a defesa, que tomou apenas um gol, enquanto o ataque marcou 16 gols.