<
>

Rodrygo revela o que ouviu de Ancelotti em Real Madrid x Liverpool após dizer 'a gente está aqui por causa de mim' ainda no banco

O 'Rayo' foi convidado do Bola da Vez desta semana, que vai ao ar neste sábado (25), a partir das 18h55, com transmissão pela ESPN no Star+


Jogador do Real Madrid e entre os heróis da conquista da Champions League da última temporada, o atacante Rodrygo é o convidado especial do programa Bola da Vez desta semana, que vai ao ar neste sábado (25), a partir das 18h55 (de Brasília), com transmissão pela ESPN no Star+.

Apesar de ter entrado somente no minuto final da decisão contra o Liverpool, no Stade de France, em Paris, no fim de maio, e vencida pelo Real Madrid por 1 a 0, o camisa 21 teve papel fundamental nos jogos contra o Chelsea e Manchester City, nas quartas de final e semifinal, respectivamente, anotando três gols decisivos para que o Merengue conseguisse a classificação.

Durante o programa, o ex-Santos lembrou da decisão na capital parisiense e revelou ter feito um pedido ao técnico Carlo Ancelotti, que estava demorando para colocá-lo em campo. E Rodrygo contou o que ouviu do italiano.

"Foi um jogo (final) difícil para mim por tudo o que eu tinha feito na semifinal, eu estava doido para entrar. Eu tenho certeza que, seu eu entrasse mais tempo, eu faria gol. Eu tinha esse sentimento dentro de mim. Eu estava agoniado, doido para entrar, até no final do jogo eu comecei a brigar com o Ancelotti 'eu tenho que jogar, eu tenho que jogar'. Ele falou 'calma, vou te colocar'. Ele foi enrolando, enrolando (risos)", começou por dizer.

"Eu não sei certo com quantos minutos foi, mas foi quase já indo para o final do jogo. (Falei) 'professor, eu não vou jogar não?'. Ele falou 'calma, a gente precisa fechar' - porque estava 1 a 0 e às vezes ele queria fechar um pouco mais o time -. Aí eu falei: 'Pô, velho, a gente está aqui por causa de mim, né. Eu tenho que jogar’. (Risos) Ele falou: 'Não, calma, você vai jogar’. Aí ele me colocou mais para o final. Mas o que vale é o título mesmo. E claro, a história foi escrita na semifinal e eu fico muito feliz por isso", finalizou.

No momento, Rodrygo aproveita as férias antes de iniciar mais uma temporada com o Real Madrid, que será a sua quarta no futebol espanhol. Na última campanha, o atacante de 21 anos teve o seu melhor desempenho em campo desde que trocou o Brasil pela Europa. Em 49 jogos, foram 9 gols e 9 assistências.